Pilates ajuda em que? Conheça os benefícios

Pilates para que serve

O Pilates ajuda em que? Se você também já se fez essa pergunta, esse artigo é para você. São inúmeros os benefícios que o método proporciona, porque a sua essência trabalha com a conexão entre corpo, mente e espírito.

Assim, o Pilates consegue gerar ganhos na saúde geral do indivíduo, seja na parte física ou na mental. Além disso, a sua grande capacidade de adaptabilidade viabiliza a prática do método por um público amplo, que vai desde crianças a idosos.

Sem contar com a sua rica gama de indicações, podendo agir com muita resolutividade na reabilitação, prevenção de lesões, condicionamento físico e preparação de atletas de alto rendimento. Confira a partir de agora quais são os principais benefícios do Pilates para a qualidade de vida, bem-estar e saúde das pessoas.

Pilates ajuda em que? Confira aqui a lista completa

O Pilates se opõe a inúmeros tipos de treinamento já conhecidos, porque trabalha com o aluno de forma completa. Ou seja, o foco não é em exercícios para grupos musculares específicos.

No Pilates, existe uma construção de todo o movimento, o que faz com que o praticante trabalhe o corpo por inteiro e desenvolva o controle sobre cada parte do movimento.

Desse jeito, o movimento fica mais fluido e eficiente. Outro ponto é que no Pilates, o importante não é a quantidade de repetições, mas a qualidade.

Para responder à pergunta “o Pilates ajuda em que?”, traremos a partir de agora a relação de benefícios e indicações do método.

1. O Pilates é um método multifuncional

Primeiramente, o Pilates é indicado para um conjunto enorme de situações. Embora seja muito utilizado como método de reabilitação, a verdade é que ele apresentou resultados significativos também para a parte de condicionamento físico, ganho de força muscular e melhora da função cardiorrespiratória.

Além disso, o método é apropriado para quem busca fazer um trabalho de prevenção de lesões. Outra funcionalidade é no treinamento de alto rendimento, sendo o Pilates uma forma assertiva de potencializar o desempenho de atletas em todas as modalidades esportivas.

2. Redução do nível de dores causadas por problemas musculoesqueléticas

O Pilates apresenta um repertório volumoso de exercícios e ainda possibilita a criação de movimentos inovadores.

Pilates para que serveIsso resulta na facilidade do uso do método para tratamentos especializados. Então, nos casos de algias decorrentes de problemas musculoesqueléticos, o profissional consegue fazer o manuseio do método, indicando exercícios que amenizem as dores. Especialmente, por exemplo, por meio do aumento da força muscular, da melhora postural, da correção de desvios, da estabilização postural.

3. Todos os grupos etários se beneficiam do método

Uma das questões mais interessantes do Pilates é que não existe restrição de idade para sua prática. Do público infantil ao idoso, todos conseguem obter ganhos enormes com a regularidade das aulas.

Para o infantil, o método proporciona a criação de atividades mais lúdicas, ajudando no desenvolvimento de inúmeras habilidades motoras. Para os idosos, é possível recuperar funções e devolver-lhes a autonomia e independência em um ambiente de interação social.

4. O Pilates serve para que? Para desenvolver ou melhorar habilidades importantes

Com o Pilates, o praticante desenvolve, por exemplo, equilíbrio, flexibilidade, mobilidade, concentração. O Pilates transforma positivamente a vida das pessoas, tornando a execução de tarefas diárias mais fácil e eficaz.

Tudo na vida se resume em movimento, e quando o indivíduo consegue realizar esses movimentos com mais eficiência, sua produtividade aumenta em todos os aspectos da vida.

O professor de Pilates tem autonomia para traçar rotinas de exercícios personalizadas, com foco no objetivo individual de cada aluno. Além disso, é possível adaptar os movimentos, respeitando as limitações de cada aluno. Ou seja, todos conseguirão evoluir dentro de suas limitações.

5. O método beneficia quem busca o cuidado com a saúde mental

Pilates para que serveO autocuidado precisa contemplar a dedicação às questões físicas, assim como as mentais. Nesse sentido, o Pilates também se apresenta como uma forma de atenção à saúde mental. O método ensina como fazer o ciclo respiratório completo, e todos já sabem o quanto a respiração é fundamental para o controle emocional.

A respiração executada corretamente atua no relaxamento, no controle dos batimentos cardíacos e na concentração, melhorando os sintomas relacionados a estresse, ansiedade e depressão.

Ademais, o método proporciona um ambiente de interação social, de resgate de autoestima e de autovalorização, porque todos conseguem, ao longo das aulas, superar seus próprios limites e alçar novos voos. O Pilates, portanto, ensina, que superar desafios é sempre possível, modificando o mindset das pessoas.

6. Funciona como método auxiliar de tratamento para diversas doenças físicas e neurológicas

O campo de atuação do Pilates em reabilitação possui uma amplitude imensurável. Só para exemplificar, o Pilates funciona como auxiliar no tratamento de inúmeras doenças de cunho físico e mental, a saber:

7. Pilates ajuda na consciência corporal

A consciência corporal é fundamental para a saúde e qualidade de vida. Conhecer o funcionamento do corpo, tendo consciência sobre o que ele representa ajuda ao indivíduo identificar em seu dia a dia as posturas ruins, movimentos mal executados, sobrecargas musculares e até riscos de lesões.

Isso permite que o indivíduo tenha muito mais controle sobre o seu próprio corpo.

8. Fortalecimento muscular

A atuação do Pilates no fortalecimento muscular é muito precisa. Os praticantes do método conseguem aumentar o nível de força em todos os grupos musculares de forma contínua, simultânea e progressiva.

Vale a pena destacar aqui os efeitos do método no centro de forças do indivíduo, o Power House, e também na musculatura do assoalho pélvico, melhorando a saúde íntima das pessoas e ajudando a tratar problemas que afetam a sua autoestima, como a incontinência urinária e o prazer íntimo.

9. Reinserção social e autoestima

Mais especificamente no caso de idosos e pessoas com limitações extremas de movimento, o Pilates ainda ajuda na reinserção social, com um ambiente alegre e de muita interação, e isso reflete na autoestima.

acelerar resultado dos alunos no pilates, Benefícios do Pilates, Pilates Ajuda em que?, Pilates e seus benefícios
Post anterior
Pilates reduz impacto do uso de tecnologias na cervical
Próximo post
Como ganhar massa muscular? Aposte no Pilates

Mais Posts:

Sobre o Desafio

Sobre o desafio

Movimento, Pilates
Técnica, princípios, minúcia, precisão, são base para um trabalho pautado no Pilates e todo bom profissional já deve usá-los em suas aulas, porém, será que nos atentamos ao desafio? O desafio é…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This