Pilates é indicado no tratamento para estresse

Homem estressado no trabalho ao receber diversas cobranças

O estresse é um mal que assola a humanidade. As mudanças econômicas, aliadas ao avanço da tecnologia causam inúmeras transformações no modo de viver das pessoas. Mas nem todas são positivas. A busca desenfreada pelo sucesso e a velocidade com que surgem as novas demandas sociais causam fortes impactos na saúde. Dentre eles está o estresse. Nesse sentido, o Pilates tem sido uma ferramenta eficiente para o tratamento do estresse e para a melhoria da qualidade de vida.

O problema é tão grave, que existe um dia no calendário anual para marcar o combate ao estresse, 23 de setembro. Além disso, o número de pessoas em todo o mundo que sofrem as consequências do estresse é muito elevado. Os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS indicam que o estresse chega a atingir cerca de 90% da população mundial. Diante desse quadro tão alarmante, é preciso encontrar alternativas diárias de enfrentamento, para que as pessoas consigam lidar com as situações adversas com mais tranquilidade.

Afinal o que é o estresse?

O conceito de estresse está relacionado a um estado individual causado por um tipo de excitação emocional. Dessa maneira, alguns autores brasileiros descrevem o estresse como um conjunto de reações e estímulos que causam distúrbios no equilíbrio do organismo. Com bastante frequência, esses distúrbios provocam efeitos danosos. Ou seja, o estresse tem a ver com a relação entre o indivíduo e tudo aquilo que está ao seu  redor.

Quando esse indivíduo identifica uma ameaça ou perigo a seu bem-estar, está aí o ambiente propício para o surgimento do estresse. E de que forma isso acontece? Vamos explicar. O estresse é justamente o estado gerado por esse processo, em que o organismo tenta se adaptar a essa nova situação incômoda.

Como o organismo responde ao estresse?

A tentativa de adaptação do organismo a essas situações adversas faz com que ocorra uma série de alterações no organismo da pessoa. Por exemplo, o aumento da secreção de adrenalina, que causa distúrbios variados, tanto fisiológicos quanto psicológicos. Assim, a resposta de cada indivíduo ao estresse vai variar, conforme sua maneira de avaliar e enfrentar essas situações.

Primeiramente, a pessoa se depara com a situação. Automaticamente, ela fará uma rápida análise inicial daquela ameaça. Este estudo inicial vai interferir na forma como o seu organismo responderá à tal ameaça. Por fim, existe a etapa em que a nossa capacidade de lidar com aquela situação é requerida. A partir daí é gerada uma reação, ou seja, a resposta de cada um àquela questão.

Fisiologicamente falando, há uma série de comportamentos que podem ser observados em uma pessoa que está lidando com uma situação de estresse. Diante de um agente estressor, a pessoa vai dar uma resposta que será baseada em suas experiências, na genética, na frequência do evento causador de estresse e no ambiente em si. É uma conjunção de fatores que vão agir ao mesmo tempo nesse momento.

Sintomas que indicam necessidade de tratamento para estresse

Os sintomas associados ao estresse podem ser divididos em três categorias. A pessoa que está sob estresse pode desenvolver sintomatologia física, intelectual e emocional. Assim, é muito importante que as pessoas fiquem atentas ao surgimento desses sintomas, para que seja possível tratar a situação de forma precoce. Vamos exemplificar alguns dos sintomas mais comuns:

Sintomas físicos:

  1. Dores em geral, por exemplo, enxaquecas, dores de estômago, azia, dores musculares;
  2. Imunidade baixa, com presença frequentes de doenças acessórias, como gripes, resfriados, infecções;
  3. Tonturas, náuseas;
  4. Problemas na pele, como alergias, coceiras, surgimento de caroços e vermelhidão;
  5. Suor em excesso, diarreia.

Sintomas intelectuais:

  1. Falhas frequentes na memória;
  2. A concentração fica prejudicada;
  3. Ansiedade e nervosismo;
  4. A pessoa vive em um ritmo sempre muito acelerado, pensa várias coisas ao mesmo tempo, quer resolver tudo de uma só vez;
  5. Presença de preocupações excessivas e constantes, com tendência ao pessimismo e negativismo.

Sintomas Emocionais:

  1. O humor do indivíduo fica bastante instável;
  2. A pessoa apresenta um nível de irritabilidade alto;
  3. Há uma sensação de cansaço constante e dificuldade de relaxar;
  4. Surge a sensação de sobrecarga;
  5. Surgem sentimentos de isolamento, solidão e tristeza mais frequentes que o normal.
Casal assustado e estressado ao realizar as contas das despesas
Tratamento para estresse ajuda nas relações pessoais

Importância de buscar um tratamento para estresse

E as respostas à situação de estresse podem criar problemas graves ao indivíduo. Desde um esgotamento emocional intenso ao surgimento de vários transtornos, são muitas as possibilidades de danos. Inclusive, o estresse duradouro é capaz de levar a um processo de ansiedade e de depressão. Por isso é tão importante encontrar tratamento para o estresse.

Procurar um tratamento para o estresse é fundamental, porque ele causa danos ao indivíduo, físicos e psíquicos. Ou seja, não dá para brincar com o estresse e achar que é algo normal do dia a dia. A pessoa submetida a situações estressantes com frequência pode desenvolver problemas sérios de saúde. Nesse contexto, o Pilates se apresenta como uma alternativa natural e eficiente de tratamento.

O Pilates como tratamento para estresse

Além  de agir no controle de diversas doenças crônicas, a atividade física é uma ótima ferramenta de combate ao estresse. O Pilates, por se tratar de uma atividade física, faz com que o corpo produza substâncias associadas ao bem-estar, como a endorfina. Assim, na dosagem adequada, esse hormônio promove a sensação de conforto, alegria e prazer. A endorfina também atua na modulação da sensação de dor e do humor.

O Pilates é uma atividade física completa. Não apenas ajuda na melhora do condicionamento físico, como também contribui com a força, equilíbrio, coordenação motora e resistência. Uma vez que o método trabalha o ritmo respiratório intensamente, o praticante aprende a desenvolver o autocontrole, que é fundamental diante das situações de estresse.

Mulher praticando pilates relaxando e aliviando o estresse
Pilates auxilia no tratamento para estresse

Outro ponto importante é que o Pilates é um método bastante democrático, pois pode ser praticado por todas as pessoas. Ou seja, todos os públicos podem usufruir diretamente dos benefícios do Pilates. Das crianças aos idosos, saudáveis ou portadores de necessidades especiais. Além disso, o Pilates promove a consciência corporal. Ou seja, o indivíduo passa a conhecer melhor o seu corpo e identificar como ele funciona e age.

Por outro lado, o Pilates é uma atividade bastante desafiadora. Os níveis de dificuldade dos exercícios vão aumentando conforme o aluno evolui. Consequentemente, o aluno aprende a lidar com a paciência. Por certo, ultrapassar esses níveis gera um forte sentimento de autoconfiança, bastante relevante no controle do estresse.

O Pilates é uma excelente técnica de manejo contra o estresse, pois melhora significativamente a qualidade de vida do praticante. Nesse sentido, ele promove a saúde integral, conectando corpo, mente e espírito. Desse modo, a prática interfere positivamente tanto nas relações sociais quanto nas relações afetivas.

Benfeitorias do Pilates para o controle do estresse

Os exercícios de Pilates são ajustados para todos os níveis de condicionamento do aluno. Ou seja, existem sequências para iniciantes e para alunos bem avançados. Inclusive para os públicos especiais, como gestantes, idosos e crianças. Agora vamos enumerar alguns dos mais importantes benefícios que o Pilates oferece na administração do estresse.

  1. Desenvolve a autoconfiança do paciente;
  2. Melhora a autoestima das pessoas;
  3. Promove a consciência corporal;
  4. Trabalha o autocontrole, a paciência e a autoconfiança;
  5. Melhora a postura e ajuda a reduzir as dores;
  6. Cuida da saúde integral do indivíduo;
  7. Atua na prevenção de lesões;
  8. Melhora a respiração, o equilíbrio químico do corpo e a concentração.

Agora que você já conhece os benefícios do Pilates como tratamento para estresse, basta buscar um profissional capacitado. Dar início a sua prática fará uma diferença enorme em sua vida, pode apostar. Para te ajudar nessa busca, basta acessar esse link e localizar um estúdio em sua região.

, , , , , , , ,
Post anterior
Power house: saiba tudo do nosso centro de força
Próximo post
Quem pode ser instrutor de Pilates no Brasil?

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This