Perfis dos alunos no Pilates. Qual o seu?

Confira principais perfis dos alunos no Pilates

Os alunos de Pilates, cada um tem a sua forma própria de se portar durante as aulas. Esse comportamento depende muito da sua personalidade, do seu jeito de ser, das suas características individuais. Além disso, pode depender até do nível de intimidade com os outros colegas e/ou profissional. Então, você consegue identificar qual a sua maneira de ser nas aulas do método? Nesse artigo reunimos alguns dos principais perfis de alunos no Pilates, para que você descubra quem é você. Mas não se preocupe, que o seu perfil não determinará a sua evolução, pois isso depende de muitos outros fatores. Quanto a isso, o seu professor é a pessoal ideal para explicar a você.

Ah! E nossa intenção com esse artigo é apenas brincar com a situação, por isso não leve os perfis tão a sério. 🙂 É só para trazer um pouco de humor a sua rotina, para você rir e se distrair. Afinal de contas, não existe um perfil ideal. Somos o que somos, e a nossa individualidade é o que faz de cada um de nós, pessoas especiais. A proposta é que você identifique seu perfil e reflita sobre ele, para melhorar cada vez mais o seu desempenho no Pilates.

Mas se você conseguir se encaixar em um perfil diferente dos que estão aqui, conte pra gente nos comentários qual é! Vamos lá?

Perfis dos alunos no Pilates são variados1 – O rapidinho

Você já deve imaginar quem é o rapidinho, hein? Se você não se enquadra nesse perfil, pode ter algum colega que seja exatamente assim. O aluno rapidinho é aquele que  faz os exercícios de forma mais acelerada. Sabe aquele que sempre termina a série antes de todo mundo, quando os exercícios são iguais? Pronto, é ele. 🙂

Se você é esse tipo de aluno, que tal tentar mudar um pouco essa sua ligeireza nas aulas? O Pilates trabalha sob pilares muito sólidos, princípios importantes que fazem toda a diferença na prática.

Entre esses princípios está o do controle, que requer do aluno a execução controlada do movimento, para que ele possa usufruir de todos os benefícios do método. O Pilates exige do aluno a coordenação completa entre corpo, mente e espírito. Assim, o movimento precisa ser feito da forma exata como o instrutor orientar, para que haja essa conexão.

Outro ponto importante é que o método trabalha justamente a consciência corporal. Ou seja, não dá para desenvolver consciência corporal sem que os movimentos sejam executados de forma precisa e com concentração e atenção.

2 – O sem tempo

O aluno sem tempo é aquele que está sempre com a vida atribulada, corrida e cheia de compromissos. Frequentemente, ele acaba chegando atrasado ou saindo mais cedo das aulas. Além disso, o aluno sem tempo costuma também acumular algumas faltas.

Se você está nesse grupo, é uma boa hora para rever as suas prioridades. O Pilates traz tantos benefícios para sua vida, que vale muito a pena organizar a rotina para dedicar aquela horinha do seu dia à prática consciente do método.

Porque é justamente isso que o Pilates precisa, que você faça sua prática consciente, que esteja presente de fato na aula. A presença, por sua vez, não trata apenas da questão física, mas também da presença emocional e mental.

Estando realmente presente na aula, você consegue absorver melhor as orientações do seu instrutor, entender o porquê de cada movimento e executar os movimentos de forma mais ordenada e precisa. Lembre-se que você tem um objetivo com o Pilates. Mas para conquistá-lo você precisa estar nas aulas e cumprir a rotina de treinos que o seu instrutor prescreve.

Uma aula bem planejada tem início meio e fim, e cada uma destas partes cumpre uma função. Estar presente em cada uma delas lhe trará benefícios mais abrangentes, além de ser muito mais seguro e diminuir os riscos de você se machucar.

Nossa dica é que você se organize semanalmente ou mensalmente, para que tenha aquele tempo da aula realmente disponível para ela. Você sentirá uma incrível diferença, pode confiar!

3 – O conversador

O nome do perfil já fala por si só, não é mesmo? 🙂 O conversador é um dos perfis dos alunos no Pilates, identifica o que gostar de bater papo a aula inteira. Seja com o professor ou com outros colegas, ele, literalmente, não consegue ficar sem falar.

O grande problema de quem possui o perfil conversador é que ele pode acabar não se concentrando na aula. Simultaneamente, ele pode prejudicar também a concentração dos outros colegas.

Normalmente, o instrutor de Pilates conduz a aula de forma a administrar as conversas. Elas são saudáveis, mas precisam ficar sob controle, para não atrapalhar o andamento das aulas.

Se identificou com o perfil conversador?  Então dá uma atenção a nossa dica. Você não precisa ir ao extremo do silêncio absoluto, mas pode, pelo menos, equilibrar melhor a postura. Deixar o papo para os intervalos do movimento e ficar mais concentrado durante a execução vai ajudar bastante, tanto você, quanto seus colegas e seu professor.

4 – O copiador

Sabe aquele aluno que ama tanto o Pilates que começa a seguir vários perfis nas redes sociais, assistir aos exercícios postados por outros profissionais. Até aí, tudo bem, não há qualquer problema.

O problema começa quando o aluno passa a querer reproduzir os movimentos, para os quais ainda não está pronto, em casa, sem a orientação de um profissional. Além disso, há outro problema envolvido, ele pode querer criar comparações entre os treinos e, ainda, querer que seu professor reproduza aqueles movimentos que ele curtiu nas redes sociais, quando estes podem não ser adequados para sua condição.

Mas atenção. As aulas de Pilates podem até ser em grupo, porém os objetivos e exercícios são individuais. Quando o seu professor te passa um movimento, ele foi pensado para atender os seus objetivos e necessidades.

Nem sempre aquele outro exercício, embora esteticamente lindo e desafiador, é adequado para você, para sua condição física, suas metas e sua realidade. Você precisa confiar no profissional que te dá aulas.

Por isso é tão importante buscar um profissional que tenha formação reconhecida.

5 – O que quer resultados para ontem

O aluno que quer resultados para ontem normalmente já chega perguntando pelos prazos. Quando conseguirei isso? Quando farei aquilo? No entanto, o Pilates requer disciplina e constância. Os resultados são fruto da dedicação e empenho do aluno, das habilidades de cada um e do tempo que os tecidos corporais levam para se modificarem e se desenvolverem, associados ao conhecimento e habilidades do professor.

Apesar de oferecer inúmeros benefícios e ser indicado para praticamente todos os públicos, o Pilates não faz milagres. Então, é importante que você tenha paciência, que siga as orientações de seu instrutor, que frequente as aulas e siga o fluxo natural.

Portanto, vá com calma e acredite no processo. Aos poucos, você sentirá os ganhos que o método promove e perceberá sua evolução. O melhor é que essa evolução acontecerá não apenas nos movimentos, mas também na execução das suas atividades do dia a dia.

6 – O disciplinado

Os alunos que têm esse perfil são os que conseguem os melhores resultados, pois ele entende a importância de seguir as orientações do professor, de ter assiduidade nas aulas e de compreender que sua evolução é um processo. O aluno disciplinado ajuda até na condução das aulas, porque ele vira um exemplo positivo até para os colegas. Assim, se você é o disciplinado, parabéns!

Enxergou você nos perfis dos alunos no Pilates?

Esses são apenas alguns exemplos de perfis de alunos que frequentam as aulas de Pilates. Conte para a gente nos comentários, se você conseguiu se enxergar em alguns desses perfis. E se consegue identificar outros que não estejam nessa lista, conte pra gente também nos comentários.

, ,
Post anterior
Pilates para além das aulas
Próximo post
Daniela Franco conta experiência com o CoreAlign

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This