Como acelerar resultados dos alunos no Pilates

Saiba como acelerar resultados de alunos no Pilates

Qualquer modalidade de exercício físico possui objetivos específicos direcionados  a cada aluno. Assim é também com o Pilates. O aluno busca o método porque ele acredita que alcançará determinadas metas. Se ele não perceber evolução na prática, é bem possível que se desmotive e acabe desistindo. Por isso, é crucial que o profissional de Pilates estruture sua aula em busca desses resultados. Assim, reunimos aqui algumas dicas para você acelerar os resultados dos alunos no Pilates.

1. Observe seu aluno com atenção e corrija a execução do movimento

Para acelerar os resultados dos alunos no Pilates, você precisa dedicar o máximo de atenção a cada um. Dominar a arte do comando verbal e orientar as etapas de realização do exercício não são suficientes. Você precisa observar a execução do movimento.

Não adianta o aluno fazer a quantidade de repetições correta, se ele faz o movimento de forma errada. Portanto, fique atento às correções. No entanto, fique atento também à maneira como faz essas correções.

Utilize palavras positivas, para não criar bloqueios em seu aluno. Por exemplo, em vez de dizer que você vai mudar o exercício, porque ele está com dificuldade, opte por dizer que vocês irão para um movimento diferente.

Se seu aluno se autocriticar, sugerindo que não consegue fazer algum exercício, adote uma postura de incentivo. Assim, estimule ele dizendo que as progressões fazem parte do método, que todo movimento requer o aprendizado progressivo.

Esclareça a ele que a evolução é consequência da constância do treino. Explique também que o movimento perfeito não existe, o que existe é o trabalho diário no aperfeiçoamento da qualidade da execução e isso é analisado a partir de cada aluno, seu potencial e necessidades. A ideia é sempre incentivar.

É possível acelerar resultados de alunos no Pilates

2. Quer mesmo acelerar resultados dos alunos no Pilates? Faça avaliações individuais frequentes

Fazer avaliação significa conduzir a trajetória de seu aluno. Assim, faça fichas de acompanhamento de cada aluno e atualize essa ficha com frequência. Faça pequenas anotações durante as aulas, para não esquecer e não perder nenhum detalhe importante.

As avaliações são fundamentais para te dar a noção do quanto seu aluno evoluiu. Você também conseguirá identificar quais as principais dificuldades dele. Esse panorama individual vai te ajudar no planejamento das próximas aulas. 

3. Faça o planejamento da  evolução de seus alunos

As avaliações individuais são fundamentais para que você consiga planejar a evolução de seus alunos. O planejamento é uma etapa importante em qualquer rotina, inclusive para conseguir adotar programas de progressões eficientes em suas aulas.

Cada aluno tem seu próprio ritmo. Alguns conseguem progredir mais rapidamente, outros apresentam um pouco mais de dificuldade. Mas se você planeja e segue as etapas, consegue mostrar a cada aluno o seu potencial. Assim, seu aluno estará sempre motivado para os próximos avanços.

4. Procure saber de seus alunos se eles percebem a diferença do Pilates na rotina diária deles

Além de conseguir identificar a evolução durante a aula, o natural é que seu aluno sinta os benefícios da prática do Pilates no dia a dia dele. Por isso, é sempre bom perguntar sobre isso. Procure saber de seus alunos se eles percebem qualquer diferença na rotina diária, o que eles têm notado de mudança, por exemplo.

É importante você provocar em seu aluno esse exercício diário, para que ele consiga perceber com clareza essas melhorias na rotina. Afinal de contas, o Pilates é associado a melhorias significativas na qualidade de vida. A percepção prática dessa qualidade de vida é uma forma eficaz de incentivo.

Foque em acelerar resultados de alunos no Pilates

5. Respeitar o ritmo individual é fundamental para acelerar resultados dos alunos no Pilates 

O Pilates é uma modalidade altamente personalizada. Além de se guiar pelos objetivos e demandas individuais de cada aluno, o profissional precisa também compreender e trabalhar com o ritmo de cada um. Ou seja, embora todos os alunos alcancem bons resultados, cada um o fará no seu tempo.

Uns são mais flexíveis que outros. Uns são mais equilibrados que outros. Há os mais fortes, os mais focados, os que associam o Pilates a outra atividade física. Enfim, o público é amplo e variado. Cada aluno chega à aula de Pilates com um histórico próprio de vivências e experiências.

Assim, entenda essa individualidade e ritmo com naturalidade e guie o seu aluno, para que ele alcance o seu melhor dentro das condições que ele apresenta a cada momento. Pular etapas pode causar a sensação de impotência e até lesões.

Se você possui alunos em estágios diferentes na mesma turma, direcione cada um conforme suas possibilidades e capacidades físicas. Vá com calma, que vai dar tudo certo.

6. Se você quer acelerar resultados de alunos no Pilates, você precisa ser coerente com a condução de seu trabalho e com as estratégias de aula

Por fim, mantenha a coerência no trabalho. O que isso significa? Que você precisa, por exemplo, escolher as melhores estratégias e confiar nelas. Não adianta mudar de estratégia o tempo inteiro, com receio dos resultados.

Você precisa investir no planejamento de aula, investir na elaboração da progressão individual de seus alunos, investir na avaliação periódica de cada um. Assim, ao organizar todo o projeto de aula e de progressões, concentre-se nas definições de estratégia.

Assim, coloque suas estratégias em prática e vá adaptando-as para cada aluno. Ouça seus alunos, colha os feedbacks, siga as dicas anteriores, e você vai perceber que os resultados chegarão mais rapidamente e de forma eficiente.

7. Não esqueça que os resultados dependem do trabalho conjunto. Deixe isso claro para seus alunos

Mas não esqueça, os resultados chegarão proporcionalmente à dedicação de cada aluno. Antes de se cobrar, analise a resposta que o aluno tem dado aos estímulos que você propõe. Resultados mais dependem de empenho e de disciplina.

É fundamental que você deixe claro para os seus alunos que eles precisam fazer a parte deles. Ser assíduo, dedicado, empenhado na realização dos movimentos, buscar a melhor desempenho, escutar as orientações e seguir as indicações de séries e repetições são alguns pontos que dependem do aluno.

, , , , , ,
Post anterior
Como montar aula experimental de Pilates perfeita
Próximo post
Como aumentar o alcance do studio de Pilates

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This