Saiba como ajudar um idoso a ter mais autonomia

saiba como ajudar um idoso

O envelhecimento é um processo natural, progressivo e contínuo, todos passam por ele. A questão está na forma como você viverá essa passagem, porque ele traz também muitas consequências. Com o passar dos anos, o corpo sofre o desgaste de seu uso, limitações começam a surgir, há uma perda de massa muscular. Tudo isso é fisiológico, inerente à condição de ser humano. Mas você pode adotar alguns medidas ao longo da vida para tornar o processo do envelhecimento menos sofrido. E se você convive com um idoso em casa que está com muitas limitações e quer ajudá-lo a ter mais funcionalidade e autonomia, confira nesse artigo os motivos para incentivá-lo a praticar Pilates. Saiba aqui como ajudar um idoso e torná-lo uma pessoa mais ativa e feliz.

Saiba como funciona o processo de envelhecimento e suas consequências

O envelhecimento é um processo gradual e intermitente, que se inicia na vida adulta. Ele traz consigo um desgaste das funções orgânicas do corpo, que começam a apresentar perdas de desempenho. O avançar da idade pode causar inúmeras limitações e restrições ao indivíduo, justamente em face desse desgaste.

Essas alterações são normais, porque são inerentes ao conceito de vida. Porém, existem níveis distintos de desgaste das funções orgânicas, que variam de acordo com inúmeros fatores. Assim, existem questões genéticas e comportamentais capazes de afetar a forma como se dará o envelhecimento.

O envelhecimento afeta as capacidades físicas e mentais do indivíduo. Ou seja, há, por exemplo, uma perda do tônus muscular e força física, os movimentos e reflexos ficam mais lentos, o equilíbrio e memória também ficam comprometidos.

No entanto, algumas dessas capacidades podem ser mantidas ou pelo menos parcialmente resgatadas, a partir da adoção de comportamentos mais saudáveis, que incluem a adoção de melhores hábitos alimentares e a prática regular de exercícios físicos.

Então, se você quer ajudar um idoso a ter mais qualidade de vida, mude a rotina dele para ter uma alimentação saudável e praticar Pilates.

Como ajudar um idoso por meio da prática de Pilates

Se você convive com algum idoso e quer encontrar uma forma de ajudá-lo a resgatar a independência, a autonomia e a funcionalidade, o melhor que você pode fazer por ele é matriculá-lo nas aulas de Pilates.

Quando o idoso é acometido pelas consequências do envelhecimento, ele tende a perder o gosto pelas coisas da vida, porque sente a limitação na execução de tarefas simples do dia a dia. E essa sensação de impotência e inutilidade é uma das principais causas de depressão na terceira idade.

Portanto, é fundamental procurar adotar práticas que promovam o resgate da funcionalidade do idoso, devolvendo a ele a autoestima e a vontade de viver. O Pilates é a atividade física mais indicada para esse público, porque possui as ferramentas necessárias para trabalhar todas as habilidades que o idoso precisa desenvolver ou recuperar.

Benefícios que o Pilates traz para idosos

São inúmeros os pontos positivos do Pilates para o público da terceira idade. Aqui, citaremos alguns desses benefícios a seguir:

  • Fortalece a musculatura do idoso, permitindo que ele execute movimentos do dia a dia com mais segura e tranquilidade;
  • Trabalha o equilíbrio, evitando assim a ocorrência de quedas;
  • Possibilita a reinserção social do idoso em um ambiente em que ele fará amigos e terá estímulos à interação social;
  • Todos os ganhos com o Pilates contribuem para o desenvolvimento da autoestima e autoconfiança do idoso;
  • O Pilates auxilia no desenvolvendo da consciência corporal, o que permite ao idoso se mover com mais autonomia e ter mais funcionalidade;
  • Com as aulas do Pilates, o idoso é estimulado a praticar a respiração de forma correta e concatenada, o que ajuda no controle dos quadros de ansiedade e depressão;
  • O Pilates promove o fortalecimento da coluna e a correção postural, reduzindo também as frequentes dores que esse público costuma apresentar especialmente na região lombar;
  • A prática do método promove um trabalho cardiorrespiratório eficiente e adaptado à condição do aluno, o que dá ao idoso mais fôlego, consequentemente deixando-o mais ativo e participativo nas atividades familiares.

Para conhecer mais benefícios de forma detalhada, basta ler outros dois artigos que temos no blog, intitulados “10 benefícios do Pilates na terceira idade” e “Pilates para idoso melhora funções e qualidade de vida“.

+Q Pilates, Atividade Fisica, bem-estar, Physio Pilates, Pilates, Pilates para idosos
Post anterior
Kit de aparelhos de Pilates completo é na Physio Pilates
Próximo post
Saiba por que vale a pena abrir Studio de Pilates

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This