7 dicas para fazer a gestão do studio de Pilates

aprenda gestão do studio de Pilates

Fazer a gestão do studio de Pilates de forma eficiente pode parecer difícil à primeira vista. Mas, apesar de ser uma tarefa desafiadora, é possível organizar a rotina e conseguir gerenciar todas as demandas com tranquilidade e garantindo bons resultados. Vamos a algumas dicas importantes para você levar em consideração.

1. Faça o planejamento estratégico

Não há como pensar em gestão do studio de Pilates sem planejamento estratégico, afinal este é uma ferramenta básica de gestão. O planejamento vai te dar uma ampla noção sobre o segmento de negócio, o mercado, a concorrência, público-alvo etc.

No planejamento estratégico, você já traça os objetivos, as metas e monta seu plano de ação. Assim, o processo de tomada de decisões ao longo do tempo fica mais ágil e assertivo. Se você não tem conhecimento suficiente para montar o seu seu planejamento estratégico, pode buscar a consultoria gratuita do Sebrae, por exemplo, eles fazem um excelente trabalho e você estará muito bem servido. Basta se dirigir a uma unidade próxima de você para obter informações.

2. A gestão do studio de Pilates requer atenção especial com o orçamento

Você precisa também planejar o orçamento, organizar suas contas e mantê-las sob controle. Lidar com finanças exige tudo isso, planejamento, organização e controle. Portanto, faça o levantamento de seus custos fixos e analise a possibilidade de eventuais custos variáveis (a exemplo da necessidade de alguma manutenção inesperada).

É importante construir uma planilha financeira que te traga lucro, que possibilite investimentos futuros e que não te deixe no vermelho. A nossa sugestão é que você tenha uma planilha anual, mas que faça revisões rotineiras, a fim de adequá-las aos imprevistos que surgirem.

Outra dica: não misture suas contas pessoais com as de seu studio de Pilates. Já faça uma estimativa dentro do orçamento do studio de quanto será deixado no caixa da empresa e quanto será retirado para te remunerar.

3. Invista em alternativas para aumentar a renda do seu studio

Além de oferecer as aulas de Pilates, você pode ampliar o rol de serviços e até inserir a comercialização de produtos que tenham relação com o seu segmento. Por exemplo, que tal comercializar as meias utilizadas na prática do método?

Temos um artigo aqui no blog com algumas dicas de como aumentar a receita do studio. A partir daí, você pode adequar as ideias a sua realidade ou se inspirar para criar novas possibilidades. A gestão do studio de Pilates requer também a avaliação sobre o incremento das atividades oferecidas.

4.  Escolha bem a equipe de profissionais que trabalharão com você na gestão do studio de Pilates

O atendimento ao cliente é fator decisivo tanto para a opção de um aluno iniciar as aulas no seu studio de Pilates quanto para a fidelização dele ao longo do tempo. Então, caso você precise montar uma equipe, faça uma boa seleção e acompanhe de perto o desempenho desses profissionais.

A formação em Pilates dos profissionais é um elemento muito crítico, procure profissionais que tenham feito a sua formação em escolas como a Polestar Pilates e que têm a formação completa com no mínimo 450 horas de duração.

Ouça o que seus alunos têm a dizer sobre a equipe e promova incentivos para que o seu time ofereça sempre o melhor. Para uma boa gestão do studio de Pilates, você deve garantir que tenha um atendimento de qualidade, que atenda as demandas e expectativas de seus alunos.

Faça reuniões frequentes com essa equipe, a fim de manter o time sempre alinhado com os valores da empresa.

5. Invista em equipamentos de qualidade

Lembre-se que você está lidando, a todo momento, com exercícios e movimentos que impactarão diretamente na qualidade de vida de seus alunos. Deve ser a sua prioridade ter equipamentos e acessórios que preservem a segurança e integridade física de seus alunos, que não ofereçam riscos a eles.

Um acidente dentro de seu studio pode interromper precocemente sua carreira. Portanto, não abra exceções em relação aos equipamentos de qualidade. Invista nesse quesito, porque disso depende o sucesso do seu negócio.

Nossa sugestão são os aparelhos e equipamentos da Physio Pilates. A empresa possui mais de 30 anos no mercado e representa com exclusividade a Balanced Body no Brasil. A Balanced Body é a maior fabricante de equipamentos do mundo, que possui reconhecimento internacional e um padrão de fabricação com regras rígidas de segurança.

Além disso, são equipamentos de Pilates sustentáveis, com alta durabilidade, ou seja, você não terá problemas com corrosão, ferrugem e afins. Também são produtos que exigem pouca manutenção. Tudo isso reduz significativamente o seu custo a longo prazo.

6. Monte o planejamento de marketing

Não há como pensar em crescer em qualquer segmento de mercado sem um planejamento estratégico de marketing. O marketing é a ferramenta de conexão entre seu studio de Pilates e seu cliente.

São as ações do marketing que conseguem identificar quais são as necessidades de seu cliente e quais os problemas que eles têm em relação a um studio de Pilates.

Assim, dá para montar um plano de ação que mostre para o seu cliente os diferenciais de seu negócio e como você pode ajudá-lo a resolver esses problemas.

7. Fique atento às transformações de mercado para uma boa gestão do studio de Pilates

Não basta fazer tudo isso que dissemos acima e se isolar no seu universo particular. Você precisa seguir atento ao mercado e aos seus concorrentes. É importante acompanhar as mudanças que surgem, as inovações, o comportamento do público-alvo e afins.

Você precisa estar a todo o tempo se adequando às novas demandas do mercado e do seu cliente, para manter-se competitivo dentro do seu segmento de atuação.

+Q Pilates, Dicas, Physio Pilates, Pilates, Studio de Pilates
Post anterior
Pilates e ergonomia: entenda tudo sobre essa relação
Próximo post
A relação professor e aluno no Pilates

Mais Posts:

Faxina Verde

Faxina verde: casa limpa e planeta saudável

Pilates
A sustentabilidade começa em casa… Literalmente! Além da boa e velha reciclagem, que ajuda a reduzir (e muito!) a produção de lixo residencial, existem outras maneiras de contribuir com o…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This