Physio Pilates: aparelhos de Pilates sustentáveis

Physio Pilates oferece aparelhos de Pilates sustentáveis

O conceito de sustentabilidade tem relação com o uso dos recursos naturais de forma consciente, garantindo a sua manutenção para as gerações futuras. Assim, todas as empresas e indústrias podem investir em métodos sustentáveis de criação de produtos e disponibilização de serviços, contribuindo para a construção de um mundo mais conectado e responsável com a natureza. E esse é um dos principais valores da Physio Pilates, que investe na qualidade e resistência de seus equipamentos, mas sem esquecer da preocupação ambiental, colocando no mercado aparelhos de Pilates sustentáveis.

“Esse é um dos aspectos de maior importância nas nossas escolhas. Os nossos equipamentos e aparelhos já são ótimas escolhas no sentido da sua qualidade e durabilidade, construir equipamentos para vida toda sempre esteve no nosso DNA. Mas eles são também construídos com esse propósito, sempre associados à sustentabilidade, tanto pelos materiais escolhidos como pelo modo de fabricação. Não conseguimos pensar em fabricação sem levar em consideração os efeitos para as gerações futuras”, afirma o presidente e fundador da Physio Pilates, Claudio F. Soares.

Como escolher os aparelhos de Pilates

Além de permear as decisões sobre o processo de fabricação, a questão ambiental também deve ser levada em consideração pelos profissionais ao adquirir seus aparelhos de Pilates . Afinal de contas, equipamentos de qualidade, como os da Physio Pilates, possuem vida útil prolongada. Então, muito além da preocupação com a manutenção diária e a durabilidade do produto, o profissional deve preocupar-se com a contribuição que está oferecendo à humanidade e ao meio ambiente. “É importante pensar, e muito, no mundo que queremos deixar para nossos filhos e netos. Precisamos pensar em sustentabilidade neste momento tão crucial no nosso planeta”, alerta Claudio F. Soares.

Então, ao escolher o equipamento de Pilates que irá adquirir, o profissional precisa ficar atento a várias questões importantes, como elenca o presidente da Physio Pilates. “Sustentabilidade, durabilidade, funcionalidade, beleza, segurança ao cliente, suporte do fabricante etc. Esses elementos juntos compõem uma imagem que são como um quadro de arte, porque o que fazemos é um estado de arte”, destaca.

Chassi de madeira garante aparelhos de Pilates sustentáveis

Muitos fabricantes de aparelhos de Pilates no Brasil utilizam alumínio para construir o chassi seus aparelhos, enquanto a Physio Pilates opta pela madeira. Mas qual o problema nisso? Simples. A energia consumida na produção do alumínio é quase 20 vezes maior do que aquela consumida na produção da madeira maciça. Respectivamente, são 155 MJ/kg (mega joules por kg) contra 8,5 MJ/kg. E as consequências disso, além do próprio gasto de energia, são nefastas para o planeta.

“Se levarmos em consideração a emissão carbono na atmosfera, importantíssimo para o aquecimento global, estamos falando de 8,24 kg CO2/kg no alumínio contra 0,46 kg CO2/kg na madeira. Importante entender que estes números não levam em consideração o sequestro de carbono e a redução deste da atmosfera que uma floresta plantada provoca. Quando isto é levado em consideração, o nível de emissão de CO2 de madeira renovável chega a próximo de zero. É uma diferença brutal. Talvez isto não fosse importante na década de 60 do século passado, quando os equipamentos foram produzidos por Joseph Pilates, mas, hoje em dia, é crucial para nossa sobrevivência”, alerta o presidente da Physio Pilates.

Claudio destaca ainda essa preocupação constante da Physio Pilates em oferecer o melhor. “Não adianta construir em madeira poucos anos depois os equipamentos precisarem ser descartados em função de folgas e problemas. Precisamos construir os chassis em madeira usando a tecnologia e projetos adequados. E estamos no caminho correto, quando vemos nossos clientes em uso plenamente funcional dos equipamentos que construímos há mais de 20 anos. Isto, associado à escolha adequada de materiais, é sustentabilidade”, afirma.

Physio Pilates: Aparelhos de Pilates sustentáveis e duráveis
Physio Pilates: Aparelhos de Pilates sustentáveis e duráveis

Mas por que as empresas continuam utilizando o alumínio?

A intrigante pergunta tem uma resposta ainda mais intrigante. Segundo presidente e fundador da Physio Pilates, Claudio F. Soares, não existe nenhuma razão objetiva que justifique o uso de alumínio como material principal dos chassis. “Talvez esteja relacionado a um fato histórico vivenciado por Joseph Pilates. Por causa do incêndio ocorrido em seu studio, que consumiu boa parte dos seus aparelhos, ele tenha decidido optado pela construção de chassis de alumínio, quando antes sempre havia feito em madeira. Então muitos fabricantes se escondem atrás dessa ‘desculpa’, que é muito mais comercial do que técnica, embora isso não fique explícito nos discursos”, acredita.

Fato é que, em nenhum momento de sua vida, o criador do Pilates se manifestou no sentido de que os chassis de seus equipamentos deveriam ser construídos de algum material específico. Mas não dá para esquecer que, naquela época, não existiam tantas ameaças ao meio ambiente, como o aquecimento global, para se pensar em aparelhos de Pilates sustentáveis. Portanto, não há como esperar que ele tivesse manifestado preocupação acerca do assunto. Porém, nos dias de hoje, Joseph Pilates teria muitos elementos para considerar e certamente teria orientado o uso da madeira no lugar do alumínio para a base dos chassis.

Peças em alumínio

Por outro lado, é importante destacar que o alumínio não pode ser totalmente descartado na fabricação de aparelhos e equipamentos, já que ele é a matéria-prima indicada para algumas partes específicas dos equipamentos. Mas é desnecessário e danoso para o meio ambiente utilizá-lo como base primordial dos equipamentos. Seu uso deve ficar restrito a essas peças específicas, no caso da fabricação de aparelhos de Pilates sustentáveis.

“É importante pensar no uso específico de cada peça. Cada material tem as suas características em termos de vida útil, acabamento, resistências mecânicas a flexão, tração, oxidação, plasticidade. Assim, a escolha do material nas diversas peças que compõem um aparelho de Pilates é um aspecto extremamente importante nas suas engenharias“, esclarece Claudio F. Soares.

Para exemplificar, o presidente da Physio Pilates cita duas situações em que o uso do alumínio se faz importante. Primeiro, em relação à barra de pés do Reformer, que precisa da resistência mecânica de um metal e também da durabilidade e peso do alumínio. “Se fosse de madeira, teria um dimensional inadequado para seu uso. Se fosse em aço carbono (como algumas empresas utilizam), o popular ferro, seria muito pesada. Isso prejudicaria sua funcionalidade e demonstraria oxidação muito rapidamente, revelando como não são sustentáveis”, explica o presidente.

Outro exemplo são os tubos do Cadillac. “Na década de 60 do século passado sequer existia a disponibilidade do aço inox nas lojas de materiais de construção. Então Joseph Pilates utilizou o que havia de melhor, ou seja, tubos de água para construção residencial. Mas estes tubos, mesmo dentro de paredes, se demonstraram um problema, apresentando sinais de deterioração e colocando os clientes em risco. Hoje temos os tubos em aço inoxidável, que irão durar a vida toda e sem risco para os clientes”, destaca o especialista.

Aparelhos de Pilates sustentáveis contribuem com questão ambiental
Aparelhos de Pilates sustentáveis contribuem com questão ambiental

Physio Pilates e seus diferenciais para além dos aparelhos de Pilates sustentáveis

A Physio Pilates é representante exclusiva no Brasil da Balanced Body, empresa líder mundial em fabricação de aparelhos de Pilates sustentáveis. A marca mundial, além do elevado índice de vendas, representa também papel importante na história do Pilates, pois é uma das grandes responsáveis por conseguir retirar a palavra Pilates do rol de marcas registradas. “Eles são os que inovaram em soluções tecnológicas, para um mundo que surgiu na década de 70. Estamos falando de diversos detalhes de projeto, que foram escolhas da Balanced Body, e que se tornaram o ‘original” de Pilates e são utilizados por todos os fabricantes”, conta Claudio F. Soares.

Então, muito além de oferecer aparelhos de Pilates sustentáveis ao mercado, a Physio Pilates reúne uma série de diferenciais, que coloca a empresa no topo da produção de equipamentos. “Nossos produtos apresentam um conjunto de diferenciais, como a qualidade do projeto, atualização de materiais e design, segurança, garantia e suporte. E não posso deixar de falar em uma equipe de trabalho excepcional, comprometida, gente que sabe o que está fazendo e o faz com amor e dedicação. E é importante lembrar que somos licenciados Balanced Body desde o começo de nossa história, em 1999. Isso só comprova o nosso compromisso com nosso cliente desde que entramos no mercado”, garante Claudio.

 

+Q Pilates, aparelhos sustentáveis, Physio Pilates
Post anterior
Está em busca de bem-estar? Faça Pilates
Próximo post
Pilates na prevenção e tratamento da LER ou DORT

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This