Importância da qualificação para profissional de Pilates

por que investir em  qualificação para profissional de Pilates

A busca pelo aperfeiçoamento é importante em qualquer área de atuação, e não seria diferente no mercado de Pilates. O nível da qualificação para profissional de Pilates é um diferencial em sua carreira. Além disso, vai garantir que você esteja em contato direto com as mais importantes atualizações na sua área. Ao mesmo tempo, você estará sempre preparado para encarar qualquer novo desafio que surgir.

Não há como negar que o grau de competitividade no mercado de trabalho é grande. Quando você opta por expandir seu conhecimento por meio de cursos, seminários etc, você faz com que seu currículo ganhe destaque. Apesar de a experiência profissional ser um fator determinante em processos seletivos, os títulos e formações podem te colocar em posição diferenciada perante os concorrentes.

Ainda que você esteja empregado e feliz, se atualizar é fundamental. Você poderá colocar em prática as novas habilidades e conhecimentos adquiridos. Ou seja, você vai poder mostrar que o seu trabalho faz a diferença na vida dos clientes da empresa para a qual trabalha. E se você é dono do próprio studio de Pilates, além de oferecer serviços diferenciados, ainda poderá avaliar melhor o trabalho dos profissionais que contrata para trabalhar com você.

Por fim, participar de treinamentos e formações vai ajudar na construção de seu networking. Assim, você fará novos contatos e conhecerá outras pessoas que atuam com Pilates. Dessa forma, você ampliará suas oportunidades e poderá subir novos degraus na sua carreira. Sem contar que ninguém pode tirar o conhecimento de você  É o que te dará segurança e tranquilidade para trabalhar, especialmente quando estamos falando da área de saúde, como é o caso do Pilates.

Em qual área devo me qualificar?

Qualificar-se profissionalmente significa aprimorar e modernizar o conhecimento, além de agregar novas habilidades à atuação profissional. O melhor é que não existe limite, você pode – e deve – investir na continuidade do aprendizado durante toda a vida. Especialmente porque a evolução tecnológica e as mudanças no estilo de vida das pessoas fazem surgir novas demandas sociais.

Quando você se especializa em uma área, por exemplo, você se torna capaz de lidar com um público cada vez maior. Além de atender os clientes comuns, você terá a possibilidade de atender aquele nicho mais específico do mercado que necessita de um profissional especializado.

Assim, você pode se especializar no atendimento de idosos, ou de gestantes, por exemplo. Pode agregar uma nova modalidade de treinamento, a exemplo do CoreAlign. Ou ainda simplesmente buscar conhecimento mais sólido na própria área de Pilates, para aperfeiçoar as suas habilidades técnicas e capacidade de raciocínio crítico.

A partir da análise de seu objetivo, será mais fácil identificar qual o tipo de capacitação seguir.

Quais opções de qualificação para profissional de Pilates estão disponíveis?

São inúmeras as formas de aquisição de conhecimento, e o que fará a diferença na hora da escolha é o seu objetivo. Assim, você terá que avaliar questões, como tempo disponível, metas, intenção etc, para que possa investir na opção que melhor se enquadra em seu caso. Vamos te dar alguns exemplos de tipos de qualificação que você pode buscar, para aumentar o leque de conhecimento e, consequentemente, de oportunidades.

1.Eventos de curta duração em geral

A qualificação profissional não está vinculada, unicamente, a cursos de longa duração que te forneçam títulos. Existem muitas oportunidades de qualificação para profissional de Pilates com formatos mais curtos, funcionais e que oferecem certificados. Desse modo, procure workshops, seminários, oficinas etc nas áreas de seu interesse. Ou seja, a participação em eventos, além de engrandecer o currículo, é uma ferramenta muito eficaz para agregar conhecimento.

Investir nesses tipos de eventos também é uma chance de abrir seus horizontes e te mostrar outros caminhos para seguir. Como eles possuem custos mais baixos, você pode se inscrever em eventos sobre temas que não domine e, assim, descobrir uma nova paixão. Inclusive, se você busca uma renovação profissional e sonha encontrar uma nova forma de atuação, aposte nos eventos.

2.Cursos de formação

Agora, se a sua intenção é se aperfeiçoar dentro do universo do Pilates, escolha um curso de formação. A Polestar Brasil oferece uma série de cursos de formação, desde os iniciais, para quem quer ingressar na carreira de Pilates, até os mais avançados, para profissionais que buscam conhecimentos mais sólidos e consistentes.

Duas boas opções para quem se especializar ainda mais como profissional de Pilates são o Advanced Program e o Senior Program. Ambos os programas oferecem conhecimentos mais aprofundados sobre o método, avançando no refinamento e ampliação do repertório de exercícios. O objetivo é transformar o aluno em um profissional experiente e maduro de alto nível de conhecimento prático e teórico em Pilates.

Além dessas opções, você pode buscar cursos que sejam complementares ao Pilates, para estender seu campo de atuação. Por exemplo, é possível investir na formação em CoreAlign.

3.Graduação

Para ser um instrutor de Pilates, a legislação brasileira não exige nível superior. Por isso, se você tem formação em Pilates, mas não concluiu a graduação, essa é uma ótima alternativa. Além de agregar muito conhecimento a sua atuação enquanto profissional de Pilates, você ainda vai ganhar novos campos de trabalho. Você pode investir em cursos diversos que envolvam as áreas de saúde e movimento, como educação física e fisioterapia.

4.Especialização

Os cursos de especialização são direcionados aos graduados de nível superior que querem investir em uma área específica do conhecimento para atuação no mercado de trabalho. Assim, os profissionais que investem em uma especialização conquistam conhecimento teórico e prático, além de novas habilidades técnicas direcionadas a determinado campo de atuação.

5.Mestrado

O mestrado é a opção ideal para quem quer ingressar na carreira acadêmica. Se o Pilates despertou em você o interesse de ir além de treinar seus próprios alunos e pular para a sala de aula para formar outros profissionais, esse é o caminho. E depois você ainda pode enveredar pelo doutorado e seguir em frente na construção de uma carreira acadêmica.

Como escolher o melhor curso de qualificação para profissional de Pilates?

Se você já tem clareza sobre os seus objetivos profissionais, se já sabe qual o tipo de qualificação mais se enquadra em suas necessidades atuais, chegou a hora de começar a pesquisar. Sim, é fundamental pesquisar as opções disponíveis para que você possa fazer a melhor escolha.

Você está buscando qualificação, porque, certamente, quer melhorar sua posição no mercado de trabalho e atender melhor aos seus clientes. Então, não economize para investir em você. Se o curso ideal está com um valor acima de suas expectativas, que tal fazer uma poupança para realizar esse desejo? A organização financeira ajuda bastante a conquistar aquilo que você sonha.

Sem contar que a qualidade do curso reflete no resultado de sua qualificação. Pois quando você opta por um curso mais qualificado significa que você terá acesso a professores mais qualificados. Ou seja, você será treinado por profissionais que também investiram ainda mais na própria formação e, por isso, possuem um valor diferenciado. Em compensação, você sairá do curso com uma formação também diferenciada.

Antes de decidir pela qualificação, faça algumas perguntas para você mesmo.

1.Presencial ou online?

Verifique a sua disponibilidade de tempo e se a qualificação que você busca fazer oferece ambas as modalidades. Escolha um curso que você realmente possa frequentar. Não adianta pagar e não cursar.

2.Qual a melhor área de qualificação para profissional de Pilates?

Não existe a melhor área de qualificação para profissional de Pilates. Assim, o que você precisa analisar é a sua afinidade e interesse pelas áreas disponíveis. Com que área você mais se identifica? Você pretende trabalhar com que público? São essas questões que precisam ser respondidas.

Portanto, não se prenda ao que está fazendo sucesso no mercado. Se prenda ao que te faz feliz, ao que te motiva e ao que te deixa ansioso por mais conhecimento. Com certeza, essa será a melhor área para você investir.

3.Qual o seu principal objetivo ao escolher uma qualificação para profissional de Pilates?

A resposta dessa pergunta vai te direcionar ao tipo de qualificação ideal, dentre os eventos em geral, as formações, graduação, especialização ou mestrado. Caso você queira fazer mais de um tipo, organize suas prioridades. A partir delas, você conseguirá realizar tantos treinamentos e formações quanto achar necessários.

4.Como escolher a melhor escola ou curso de qualificação?

Faça uma pesquisa sobre a instituição que está oferecendo o curso, assim você saberá qual a sua experiência e como é vista pelos alunos. Além disso, analise a ementa do curso e veja os tópicos que serão estudados, para que você consiga identificar se satisfaz sua necessidade.

Ainda tem a opção de pesquisar a opinião de outras pessoas que fizeram o mesmo curso. Normalmente, essas informações são facilmente encontradas na internet.

Por outro lado, se suas escolha é por um seminário, workshop, oficina ou eventos afins, pesquise o currículo do professor ou ministrante. Dessa forma você conhecerá qual a qualificação dele, quais as suas experiências e formação.

Por fim, busque uma instituição qualificada e profissionais com reconhecimento do mercado. Assim, você terá mais conteúdo para absorver e transformar em prática profissional.

, , ,
Post anterior
Como divulgar estúdio de Pilates no Instagram?
Próximo post
Pilates é indicado para condicionamento físico?

Mais Posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This