Importância dos cursos para professores de Pilates

Aprenda a escolher cursos para professores de Pilates

Em qualquer área de atuação profissional, a lógica funciona da mesma forma. Não basta você terminar o seu curso, pegar o diploma, guardar na pasta de certificados e achar que sua formação está completa. Não é bem assim, porque a atualização do conhecimento e as novas capacitações fazem parte do processo de aprendizado e da prática profissional. Se você é um profissional do método Pilates, essa premissa também serve para você. Por isso, vamos falar aqui nesse artigo sobre a importância dos cursos para professores de Pilates.

Em relação ao método, ainda temos outro problema associado. O Pilates cresceu muito no Brasil, pelas perspectivas que ele proporciona do profissional e pelos inúmeros benefícios aos praticantes. Porém, não existe uma legislação própria específica sobre o método no país que regulamente a profissão. Por isso, há muita desinformação sobre o método e, ao mesmo tempo, a proliferação de cursos de formação e capacitação de baixa qualidade.

Muitos profissionais não possuem formação consistente, que realmente lhes deem ferramentas para trabalhar com o aluno os exercícios de forma eficiente e segura, com responsabilidade e domínio da prática. E isso é um problema grave, porque o Pilates lida diretamente com movimento, saúde e integridade física e mental dos praticantes. Iniciar uma carreira profissional sem o conhecimento necessário é arriscado e irresponsável.

Cursos para professores de Pilates permitem atualização contínua e uma prática segura e resolutiva

Os cursos para professores de Pilates são instrumentos importantes de capacitação, especialização e atualização e domínio do método. Quanto mais você sabe, mais consegue transformar a vida de seus alunos/pacientes. Mas você precisa fazer boas escolhas. Porque existem vários cursos no mercado, porém muito poucos com qualidade garantida.

O currículo de um bom profissional deve ser formado não por quantidade de títulos e certificações simplesmente, mas por cursos e formações de qualidade comprovada e reconhecida.

Os cursos trazem muitos benefícios à carreira profissional. Certamente um dos melhores deles é poder desenvolver sua atividade com segurança, domínio sobre o que está fazendo e de forma resolutiva, fazendo seus alunos perceberem no dia a dia a efetividade do professor. Fazer cursos regulares após a formação permite, por exemplo:

  • Diversificar as habilidades profissionais e/ou dominar totalmente uma área específica;
  • Reciclar o conhecimento, se atualizando sobre as novidades e avanços na área;
  • Crescimento profissional, com melhorias nas perspectivas salariais e de carreira;
  • Te tornar um profissional diferenciado, você ganha autoridade e se posiciona bem no mercado;
  • Aumenta a sua rede de contas e o seu networking;
  • Aumenta a abrangência da sua clientela, permitindo trabalhar com populações específicas e. consequentemente, um maior número de clientes.

Como escolher os cursos

O mais importante antes de escolher um curso de capacitação profissional é definir o objetivo que você busca com aquele curso. No caso específico do Pilates, por exemplo, você precisa ter uma boa formação, para pensar depois em atualização e capacitações específicas. Porque se você não entende a base e princípios do método, não possui conhecimento nas ciências do movimento e não desenvolveu o raciocínio crítico, o ideal é investir em uma outra formação de qualidade.

Existem escolas, como a Polestar Brasilpioneira em Pilates no Brasil e há mais de 30 anos no mercado internacional, que oferecem diversos cursos individuais dentro de suas formações. Então, se você percebe que sua formação em Pilates foi deficitária, você pode realizar cursos individuais que te permitam suprir essa carência no conhecimento.

Com o Mat I e Studio Condensado I, você já poderá concluir a formação nacional da Polestar Pilates, garantindo assim conhecimento de alto padrão de qualidade e um up em seu currículo.

Você pode também querer avançar e investir em outros níveis de formação, como o Advanced Studio Program, o Advanced Rehab Program (voltado para profissionais de reabilitação) ou o Pilates Mat. Nesse caso, você já tem uma boa formação e quer subir novos degraus, com formações de reconhecimento internacional.

Workshops presenciais e online

Existe ainda a possibilidade de você buscar conhecimentos em uma área específica para trabalhar no Pilates. Os workshops da Polestar Brasil oferecem excelentes oportunidades nesse caminho. Você pode escolher entre várias opções, a depender de seu interesse.

Por fim, você pode buscar a formação em outros métodos autônomos e revolucionários, que abram as portas para novas atuações, como o CoreAlign e o  Gyrotonic, que combinam perfeitamente com a formação em Pilates.

E aí, o que você busca na carreira profissional? Qual caminho quer seguir?

+Q Pilates, Cursos de Pilates, Physio Pilates
Post anterior
O que é endometriose e como tratar a doença
Próximo post
Consciência corporal com o método Gyrotonic

Mais Posts:

É a mente que constrói o corpo

Movimento, Pilates
Essa frase impactante “É a mente que constrói o corpo“, foi dita por Friedrich von Schiller (1759-1805) poeta alemão, filósofo, médico, historiador e dramaturgo. Naquela época, quase não haviam provas…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This