Atividade física para músicos: conheça sua importância

Importância da atividade física para músicos

A profissão de músico exige muito preparo físico, o que coloca o grupo entre aqueles mais suscetíveis a certos tipos de doenças ocupacionais. Além das questões relacionadas à postura ao carregar seus instrumentos, a realização dos movimentos repetitivos por horas ao dia é um fator de risco para a categoria. Por isso, surge a importância da atividade física para músicos, como uma forma de proteção e prevenção de lesões.

A prática regular de atividade física entre os músicos melhora a sua qualidade de vida, fornece condicionamento físico e prepara sua estrutura corporal especificamente para suportar sem sofrimento as horas de atividade laboral. Dentre as tantas opções disponíveis, o Pilates tem demonstrado ser uma atividade que traz excelentes resultados, com um repertório de movimentos que pode ser especificamente direcionado às necessidades da categoria.

Fatores de risco comuns aos músicos

São muitas as demandas físicas da prática profissional da categoria dos músicos. A rotina pesada de ensaios, concertos, viagens, shows e afins pode, inclusive, causar adoecimento e, em casos extremos, interromper a carreira do profissional. As exigências laborais também agem sobre o psicológico, pois o músico precisa de alto poder de concentração, disciplina, memorização, criatividade, dentre outras características.

Também são fatores de riscos para os músicos a falta de condicionamento físico, posturas incorretas e excesso de uso do instrumento sem descanso necessário. Além disso, as condições de temperatura e iluminação do ambiente, tamanho e tipo do instrumento e a adequação do mobiliário, a exemplo das cadeiras. Este precisa estar adequado a suas características físicas.

Atividade física para músicos é fundamental

Como melhorar a prática profissional dos músicos

Existem inúmeras estratégias que podem ser adotadas para garantir mais qualidade de vida e saúde física aos músicos. Inicialmente, é fundamental fazer o aconselhamento biomecânico. Ou seja, verificar e implementar os ajustes necessários de posturas à melhor forma de segurar, apoiar e/ou conduzir o instrumento, à adaptação do movimento, à força utilizada na manipulação do instrumento, dentre outras.

Ademais, existem alternativas que podem ser usadas de modo preventivo, a exemplo da prática de atividade física. Nesse sentido, além de auxiliar no desempenho de suas atividades, o exercício físico também funciona como fator de prevenção de riscos e lesões. Os benefícios da adoção de uma rotina de treinamento pelos músicos são inúmeros, tanto de ordem física quanto mental.

Atividade física para músicos melhora capacidades físicas e artísticas

A prática de atividade física regular deve ser parte da rotina dos músicos. Além de auxiliar na qualidade de vida física e mental, o hábito ajuda no desenvolvimento das capacidades artísticas com foco na performance  e no desempenho do profissional.

Os músicos sofrem frequentemente com algumas doenças ocupacionais, como inflamações em tendões, lesões por esforço repetitivo (LER), problemas nas articulações, dores na coluna, estresse, dentre outros. Uma  atividade física direcionada para músicos reduz consideravelmente a incidência desses problemas.

Atividade física para músicos: por que escolher o Pilates

Como já dito no início do texto, a prática profissional musical pode causar uma série de problemas. Esses problemas ocorrem por diversas razões. Por exemplo, a rotina repetitiva de movimentos assimétricos, muitas vezes numa postura inadequada e com riscos agravados pelo peso de certos instrumentos. O Pilates funciona como um tratamento preventivo, em face dos incontáveis benefícios que proporciona.

Inicialmente, o Pilates ajuda o profissional a desenvolver a consciência corporal. Essa consciência se torna automática com a prática. Ou seja, o músico pode se tornar inconscientemente competente nos movimentos corporais e na manutenção da postura adequada para tocar com excelência. Exatamente essa  habilidade é que o fará ter pleno controle de como conduzir seu corpo em busca da eficiência do movimento ao tocar seu instrumento, concentrando-se apenas na arte que produz, enquanto seu corpo move automaticamente de forma organizada.

A consciência corporal, a integração de todo o corpo, o equilíbrio muscular,  considerando músculos fortalecidos e alongados  possibilitam que o músico faça o melhor uso do seu corpo. Isso acontece, porque, nessa profissão, o controle do próprio corpo faz total diferença no desempenho.

Se o músico souber organizar e integrar a estrutura física que atua durante sua apresentação, ele fará as correções necessárias. Assim, conseguirá  organizar a postura e ser eficiente nos movimentos. Assim, ele poderá ficar livre para alcançar o melhor rendimento artístico sem as distrações que o desconforto corporal provoca, e com o mínimo esforço.

Atividade física para músicos melhor desempenho

Muito além do preparo físico

Vale ressaltar que  a prática do Pilates entre os músicos, vai muito além do preparo físico, que como vimos é  também  fundamental, pois  o Pilates é um método que integra corpo, mente e espírito. Ou seja, facilita a presença do artista, sua concentração e ajuda na produção da química corporal que traz um estado de espírito ativo, inspirador e, portanto, mais produtivo 

Com a prática regular do Pilates, o músico conseguirá ficar focado por mais tempo e conquistará maior conforto corporal. Ademais, obterá mais resistência para se manter por tempo prolongado em posturas nem sempre muito confortáveis ou saudáveis. Além disso, aprenderá a conhecer melhor seu corpo e assim compensar os desequilíbrios corporais promovidos pela atuação profissional.

Importante sempre  dialogar com o seu instrutor, para trabalhar nas especificidades da sua atividade musical, sem perder de vista a harmonia do corpo todo, mobilizando articulações hipomóveis, fortalecendo áreas menos utilizadas e mais fracas e alongando as que são sobrecarregadas, desenvolvendo mais equilíbrio de forças que resultarão em mais qualidade tanto de movimento, como na sua atuação profissional e na vida.

, , , , , , ,
Post anterior
Exercícios podem reduzir sintomas da Covid-19
Próximo post
10 benefícios do Pilates na terceira idade

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This