Curso introdutório de Pilates: saiba tudo aqui

Conheça o melhor curso básico de pilates

O profissional das áreas de saúde, movimento e afins interessado em atuar no ramo do Pilates precisa se capacitar. Isso significa que é necessário fazer uma formação específica, que vai habilitá-lo a ministrar aulas do método. Aqui vamos trazer todas as informações sobre o curso básico de Pilates, para que você possa escolher um de qualidade, a fim de iniciar sua carreira no segmento.

Os cursos de formação em Pilates seguem níveis de dificuldade, que vão desde o iniciante ao avançado. Ao falar em curso introdutório de Pilates, nos referimos àquele currículo mínimo que te possibilita atuar na área. No entanto, todo profissional que quer ter sucesso no ramo precisa manter a busca pela qualificação contínua e seguir com sua formação até concluir o curso completo.

Quanto mais conhecimento o profissional acumular, maior serão suas chances de conquistar e manter seu espaço no mercado. A qualificação profissional é uma boa maneira de fidelizar o cliente e aumentar o público a ser atendido. Conhecer o repertório completo e saber raciocinar criticamente sobre sua aplicação, amplia a atuação do profissional para diversas populações, de atletas de elite a sedentários iniciantes no movimento. Além disso, a sua formação também pode ser um diferencial na hora de o aluno optar por fazer aulas com você.

Para que serve o Pilates?

O Pilates é um método de condicionamento físico e de reabilitação de baixo impacto, motivo pelo qual ele pode ser feito por praticamente todas as pessoas. As suas contraindicações são muito reduzidas, pois ele promove vantagens enormes a públicos variados. Desde pessoas saudáveis à aquelas que apresentam limitações físicas ou neurológicas são beneficiadas pelo método.

O método pode ser utilizado desde o tratamento de lesões até para auxiliar na melhora de performance de atletas de alto rendimento, tão amplo é seu campo de atuação. No meio desse caminho, existem diversas outras possibilidades. Assim, é possível utilizar o método para melhorar condicionamento físico, performance nas atividades diárias ou nas de lazer ou profissionais, flexibilidade, equilíbrio, coordenação motora etc.

A prática do Pilates tem resultados comprovados na melhora da qualidade de vida do indivíduo. Crianças, gestantes, idosos, portadores de doenças neurológicas ou de limitações físicas estão aptos a usufruir dos benefícios do método.

Quem pode ser instrutor de Pilates?

O instrutor de Pilates é o profissional que vai utilizar as bases e fundamentos do método, a fim de conduzir seu aluno na busca pelos seus objetivos. Ele será responsável por criar rotinas de exercícios e movimentos que estejam conectados com os princípios do Pilates, orientando o aluno na execução dos movimentos de forma organizada e segura.

Os princípios do Pilates são seis: concentração, respiração, precisão, fluidez, centralização e controle.

A legislação brasileira não exige nenhum curso de nível superior específico para um profissional ingressar em um curso de formação em Pilates. Ou seja, como mencionamos no início desse texto, o imprescindível é a realização do curso de formação específico em Pilates. Essa é a regra geral.

No entanto, a prática exige do profissional conhecimento em diversos temas ligados à saúde. Assim, a pessoa que pretende atuar com Pilates deve ter noções sobre anatomia humana, ciência do movimento e temáticas correlatas.

 

Curso básico de pilates do mercado

Curso básico de pilates do mercado

 

Esse é o principal motivo para que a área seja a escolha de profissionais da área de saúde e movimento, a exemplo dos fisioterapeutas, enfermeiros, educadores físicos, dançarinos, professores de dança e yoga etc. E não apenas de profissionais, porque o curso de formação em Pilates pode ser feito também por estudantes.

Já que não é um curso restrito a graduados em nível superior, estudantes dos cursos mencionados acima também podem investir na área. Porém, se a intenção é atuar com o Pilates focado em reabilitação, é imprescindível que o profissional não apenas possua nível superior, mas que seja formado na área clínica.

Se você busca informações especializadas sobre como se tornar um profissional de Pilates de sucesso, é só clicar aqui.

Como escolher o melhor curso introdutório de Pilates

Quando for buscar um curso introdutório  de Pilates, tenha em mente que o seu critério principal deve ser a qualidade. A explicação é simples, porque o curso vai te iniciar no método. Você precisa dominar os conceitos básicos e os fundamentos do método.

Conhecer o que está por trás de cada exercício de Pilates e pensar criticamente na sua aplicação, de acordo com as limitações e o potencial de cada aluno, conforme ensinado no curso da Polestar, é fundamental para essa qualidade no trabalho. Esse conhecimento vai nortear toda a sua atividade profissional. Você conseguirá passar a seu aluno a segurança necessária e construir uma relação de confiança. Ademais, ainda vai facilitar o seu processo de construção de rotinas e sequências de movimentos para seus alunos.

Qual o valor do curso introdutório de Pilates?

O valor de um curso introdutório  de Pilates é bastante variável, ele está associado diretamente à qualidade do ensino e da ementa, ao nível dos ministrantes, à carga horária e até ao material de apoio associado. Aliás, você precisa levar em consideração tudo isso ao decidir onde se matricular.

Claro que os cursos mais especializados, que mantêm  no corpo de educadores os profissionais de Pilates renomados ou mais experientes e capacitados, terão um custo maior. Certamente, o nível de conhecimento que você adquirirá em um curso desse porte será muito mais aprofundado e você se sentirá mais seguro para atuar..

Polestar Pilates Trainning Level 1

O Polestar Pilates Trainning Level I é o primeiro passo para quem quer iniciar a carreira de Pilates com alto padrão de qualidade. Essa é a formação introdutória  da Polestar Brasil, composta por dois cursos: Pilates Mat I e Studio Condensado I. Ambos os cursos podem ser feitos de forma sucessiva, no tempo e disponibilidade do aluno.

O programa da formação inclui um repertório amplo de Pilates Mat (no solo) e nos equipamentos, que dará subsídios suficientes para o profissional iniciar sua carreira no Pilates. Além disso, essa primeira etapa oferece toda estrutura e embasamento necessários para o profissional dar continuidade à sua formação. Ela introduz e desenvolve o raciocínio crítico sobre os exercícios de Pilates, que é fundamental para quem vai aplicar o material no corpo do outro, e poder assim fazê-lo com precisão, efetividade e segurança.

 

Turma de pilates realizando movimento no tapete

Curso básico de pilates Polestar Brasil

 

A Polestar é uma escola internacional de Pilates, com mais de 30 anos de história, presente em dezenas de países pelo mundo. A escola possui uma metodologia diferenciada e inovadora, com um plano de desenvolvimento e formação profissional que garante qualidade, consistência e constante aprofundamento no Método Pilates.

Outro aspecto importante tem a ver com a abordagem crítica adotada pela Polestar. As formações estimulam o aluno a desenvolver a habilidade do raciocínio crítico. Ou seja, ele terá ferramentas necessárias para avaliar com cautela e segurança a aplicabilidade de cada exercício para cada aluno. Assim, poderá construir uma rotina de treinamento que esteja efetivamente direcionada à conquista de seus objetivos.

Se interessou e quer mais informações? Clique aqui e faça sua pré-inscrição. Ou clique nesse link e converse direto com um consultor pelo whatsapp.

, ,
Post anterior
Problemas posturais na infância e na adolescência
Próximo post
9 artigos de Pilates para profissionais de sucesso

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This