Impacto do Pilates no treinamento de lutadores

Pilates no treinamento de lutadore

04Buscar recursos adicionais para melhora do desempenho esportivo e do bem-estar físico e mental é o sonho de qualquer atleta de alto rendimento. O que pouca gente sabe, no entanto, é que esse condicionamento extra pode ser obtido com a prática do Pilates. O método se popularizou no mundo, e atletas de todas as modalidades já encontram no Pilates um aliado dos treinos. E hoje você vai conhecer especificamente os benefícios do Pilates no treinamento de lutadores.

A conexão entre o Pilates e o esporte

A metodologia do Pilates é baseada nos três princípios guias definidos por Joseph Pilates: respiração, engajamento e saúde integral do corpo. Isso envolve  o desenvolvimento do próprio corpo, da mente e do espírito em total coordenação. Ou seja, incluindo-se aqui a alimentação adequada, disciplina e equilíbrio entre trabalho, lazer e descanso. Resumindo, tudo que um esportista necessita em sua vida profissional.

Relatos sobre a história de vida de Joseph Pilates contam que ele foi boxer profissional e instrutor de autodefesa para detetives da Scotland Yard. Além disso, ao final da Primeira Guerra Mundial, quando retornou à Alemanha, teria recebido convite do governo para aplicar seu treinamento nas forças armadas, mas recusou. Por isso, em 1926, imigrou para os Estados Unidos, a convite do empresário de boxe, Nat Fleischeir, e de Max Schmeling, boxer campeão mundial que era seu amigo.

Aqui começou, então, o Pilates no treinamento de lutadores, quando Joseph iniciou os trabalhos em uma academia de boxeadores. Na oportunidade, montou, junto com  a esposa Clara, o seu Studio de Pilates.

O espaço era no mesmo edifício do New York City Ballet. Assim, o método passou também a ser utilizado para reabilitar bailarinos. E estes, consequentemente, acabaram por adotar em seus treinamentos os exercícios desenvolvidos por ele. Os profissionais de dança, inclusive, foram os principais responsáveis pela propagação do Pilates pelo mundo, mas nota-se forte influência da luta no método.

Benefícios do Pilates no treinamento de lutadores

Dos benefícios do Pilates para a dança nós já ouvimos falar muito. Hoje, no entanto, estou aqui para descrever as vantagens do método no mundo da luta. Vou citar, por exemplo, o jiu-jítsu. Assim como toda arte marcial, exige concentração, força, controle, coordenação, equilíbrio, flexibilidade e boa respiração. Por meio da prática do Pilates, podemos otimizar tudo isso para melhorar a performance de um atleta de luta. Além de melhorar a circulação sanguínea, o Pilates reduz dores musculares e minimiza as tão temidas lesões.

Veja, por exemplo, o depoimento do lutador Marcelo José Alves, faixa marrom de Jiu-Jitson, sobre todos os ganhos acumulados com a inclusão do Pilates em seus treinamentos.

“Em poucos meses praticando o método Pilates, pude perceber logo de início uma melhora significativa na minha flexibilidade, repercutindo positivamente na execução das posições e golpes do Jiu-Jítsu. Durante as aulas de Pilates, os exercícios desafiam o meu equilíbrio. Isso ajuda a melhorar minha base, me dá maior controle do tronco e facilita tanto na defesa quanto na entrada de quedas do adversário. Tive uma significativa melhora na performance, tanto em pé – com a melhora do equilíbrio e controle de centro -, quanto no chão, com a melhora na execução dos golpes, nas transições das posições e na agilidade dos movimentos. Além disso, o Pilates me ajudou a ter mais resistência e força muscular e diminui as dores nas articulações, comum para quem pratica Jiu-Jítsu”, conta.

Para os atletas, em especial, é importante um planejamento prévio de treinamentos já visando ao calendário de competições. Ao trabalhar a parte física e mental, sendo usado tanto para condicionamento quanto prevenção e reabilitação, faz do Pilates um aliado perfeito do mundo esportivo. Isto porque seu sistema alternativo de movimento ensina as pessoas a conhecerem e respeitarem seus corpos. Ademais, o Pilates no treinamento de lutadores minimiza os efeitos adversos da pressão do dia a dia – pelos treinos e cobrança por resultado – e desenvolve uma melhora no bem-estar físico e mental.

* Artigo escrito por Thais Marinho Baião, atualizado, originalmente publicado em 22 de novembro de 2019.

Luta, Physio Pilates, Pilates, Pilates e Jui-Jitsu
Post anterior
Aparelhos utilizados no Pilates: conheça todos agora
Próximo post
Pilates equipamentos: dicas para fazer a escolha certa

Mais Posts:

Pilates e Respiração

Pilates e Respiração

Dicas, Estudos, Pilates
O Método Pilates já nasceu com uma relação muito estreita com o tema respiração. Seu criador, o Joseph Hubertus Pilates, foi uma criança raquítica e asmática e passou uma vida…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This