5 motivos para fazer uma formação em Pilates

Alguns motivos para fazer uma formação em Pilates

O Pilates é um método de movimento que foi desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates, reunindo fundamentos e princípios da fisiologia humana e da filosofia oriental. E ainda, aproveitando características das atividades circenses e greco-romanas. Com a proposta de promover a saúde e a qualidade de vida a partir do movimento consciente, Joseph deixou um verdadeiro legado, que tem contribuído significativamente para melhorar a vida das pessoas. O Pilates é um método revolucionário, versátil e adaptável à realidade de praticamente todos os indivíduos. Nesse artigo, vamos apresentar 5 motivos para fazer a formação em Pilates e se tornar um profissional da área.

Quem pode fazer a formação em Pilates?

Inicialmente, vamos abordar um tema que gera muitas dúvidas, sobre quem pode realizar o curso de formação em Pilates. As questões surgem, porque não existe uma legislação própria no Brasil para regulamentar o método.

Porém, é importante ressaltar que existem orientações e recomendações, pois a profissão requer um conhecimento profundo sobre as ciências do movimento, como fisiologia e cinesiologia, e também sobre como transmitir conhecimentos, avaliar o perfil dos alunos, suas crenças, limitações e potenciais. Afinal, o profissional vai trabalhar em prol da saúde integral das pessoas.

Então, para ser instrutor de Pilates no Brasil, é necessário fazer um curso de formação em escola independente especialista na área, a exemplo do oferecido pela Polestar Brasil. Não é exigido que o interessado tenha uma formação prévia específica, mas é recomendado que o candidato tenha conhecimentos nas áreas das ciências do movimento, experiência de ensino de movimento ou que seja graduado ou estudante das áreas de saúde ou movimento.

Então, se você é profissional ou estudante de fisioterapia, educação física, dança e áreas afins, é um bom candidato para se tornar professor de Pilates.

Saiba por que fazer uma formação em PilatesConheça os motivos para fazer uma formação em Pilates

Agora que você já sabe quem pode investir na carreira de profissional de Pilates e já identificou que é um candidato em potencial – ou conhece alguém que seja, é hora de conhecer 5 motivos para fazer uma formação em Pilates.

1. Um importante motivo para fazer uma formação em Pilates é que a profissão está em ampla expansão no mercado

Primeiramente, o Pilates é um método que está em plena ascensão. Ou seja, o mercado de trabalho é bastante receptivo aos profissionais que se dedicam ao ensino do método, porque o público interessado nas aulas cresce cada dia mais. Se houve em algum momento um entendimento equivocado sobre a restrição de indicação do método, hoje já se tem a clara compreensão da importância de sua prática em todas as etapas da vida. Da infância, juventude à terceira idade, o método promove benefícios concretos. Portanto, a tendência e expectativa é de muito mais crescimento pela frente.

2. Público-alvo diversificado e bastante amplo

Esse é um dos grandes diferenciais do Pilates. A sua prática é indicada para crianças, jovens, adultos e idosos. Além disso, o método é indicado tanto para indivíduos saudáveis, quanto para públicos que apresentam problemas de saúde, sejam eles musculoesqueléticos ou neurológicos, ou ainda, para as populações especiais, que apresentam condições específicas, como as gestantes.

O grande mérito do método desenvolvido por Joseph Pilates é que os movimentos são adaptáveis às condições específicas de cada um, com o apoio dos equipamentos criados por ele, que auxiliam os movimentos dando referências de alinhamento e organização, apoio e segurança. Além, claro, da assistência aos movimentos, facilitando muito o aprendizado motor mesmo quando existem limitações.

Os equipamentos oferecem recursos para um treinamento funcional, ou seja, para treinar as funções específicas que cada pessoas executa na vida, das mais simples às mais atléticas e artísticas. As possibilidades do método são infinitas, basta ao profissional reunir conhecimento profundo de suas diretrizes e princípios, fazendo uma formação consistente, e ter criatividade e responsabilidade, para que o repertório sirva ao cliente (e não o contrário), de forma prazerosa e segura.

3. Inúmeros benefícios ao praticante

A prática do Pilates promove uma ampla conexão do indivíduo com todos os seus sistemas corporais. Simultaneamente, o método trabalha o corpo, a mente e o espírito, promovendo uma integração completa entre eles. Dessa forma, o Pilates consegue oferecer benefícios nesses três aspectos. Eles trabalham em conjunto durante as aulas de Pilates, pois um dos fundamentos do método é justamente o compromisso com todas as áreas das nossas vidas, promovendo uma saúde integral de todos os nossos corpos, incluindo o corpo emocional, energético, espiritual etc. Todos os seis princípios do Pilates – concentração, controle, precisão, centralização, respiração e fluidez – são explorados em cada movimento, permitindo ao praticante sentir os movimentos, as transições entre eles e o efeito de cada um deles em seu corpo.

A listagem de benefícios é realmente incrível, mas vamos citar aqui alguns dos aspectos em que o Pilates promove muitas melhorias:

  • Coordenação motora;
  • Consciência corporal;
  • Flexibilidade;
  • Mobilidade
  • Equilíbrio;
  • Concentração;
  • Postura;
  • Força e resistência muscular;
  • Propriocepção;
  • Autoestima;
  • Humor;
  • Respiração;
  • Bem-estar

4. Versatilidade, adaptável a necessidades e objetivos diversos

O Pilates é um dos métodos de treinamento mais versáteis do mundo. Ele é muito eficiente tanto na reabilitação, quanto na prevenção de lesões. Da mesma forma, o método oferece resultados incríveis para quem busca condicionamento físico e ganho de massa muscular,. Ou, simplesmente, uma melhora das atividades de vida diária,  melhora da sua função na vida.

A sua versatilidade se traduz nessa ampla possibilidade de adaptação, para atender os objetivos e necessidades individuais de cada cliente e/ou paciente. Isso ocorre porque o Pilates possibilita que seus exercícios sejam adaptados para se adequar à condição de quem o pratica.

Por isso, a prescrição de exercícios do método é individualizada, mesmo nas aulas em grupo, respeitando as particularidades e limitações de cada. Ou seja, mesmo quando há necessidade de definir grupos iniciantes ou avançados, dentro de um destes grupos, portanto, cada aluno pode ser orientado a executar a rotina de movimentos de forma específica. Pequenas alterações em um mesmo exercício permitem a sua execução por todos, levando a todos os benefícios que ele promove, preservando a segurança e respeito pelas limitações, potenciais ou necessidades individuais de cada aluno.

5. Quer motivo mais gratificante para fazer uma formação em Pilates do que contribuir com a saúde e qualidade de vida das pessoas?

Por fim, e um dos motivos mais incríveis, é que você contribuirá para oferecer mais saúde e qualidade de vida às pessoas. Você será o responsável por desenvolver uma série de habilidades que são importantes, inclusive, na realização de tarefas rotineiras e diárias, com maior longevidade e qualidade.

Ou seja, você também ajudará essas pessoas a terem um envelhecimento ativo e saudável, com mais autonomia, independência e liberdade de movimento. São muitos motivos para fazer formação em Pilates, hein?

Onde fazer sua formação em Pilates?

Agora que você já conhece os principais motivos para fazer uma formação em Pilates, é hora de escolher o local. A escola Polestar Brasil é reconhecida internacionalmente, está presente em todos os continentes, existe há mais de 40 ano e é pioneira no currículo de Pilates aplicado à reabilitação. Além disso, possui uma equipe de educadores altamente capacitada e experiente.

O curso de formação em Pilates da Polestar Brasil oferece as ferramentas e o conhecimento necessários para o profissional exercer sua profissão com tranquilidade e segurança, reunindo a tradição e o conhecimento histórico do método, com estudos de ponta modernos relacionados com as ciências de movimento.

Porque na Polestar Brasil, além do conhecimento teórico e prático, o aluno terá acesso a uma abordagem e metodologia diferenciadas. Ou seja, ele será treinado dentro do conceito do raciocínio crítico.

O que isso significa? Que o aluno da Polestar Brasil compreende o movimento, suas aplicações, progressões e regressões. Ou seja, ele sai do curso apto para identificar quais exercícios devem ser prescritos para cada demanda.

Além disso, também estará apto a identificar as necessidades de seus alunos, criando rotinas de exercícios eficientes e que trazem resultados reais.

Tudo isso com apoio de uma rede internacional, de profissionais de altíssimo nível, dialogando em encontros presenciais e também por meio de uma plataforma sofisticada, desenvolvida especialmente pela Polestar para este projeto mundial de educação integrada. Assim, a escola oferece infinitas possibilidades de educação continuada nas mais diversas áreas profissionais relacionadas como movimento e a saúde integral dos seres humanos.

Para mais informações, entre em contato conosco.

, ,
Post anterior
Como melhorar sintomas da menopausa com Pilates
Próximo post
Importância da flexibilidade para o corpo, saúde e vida

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This