Saiba como transformar a inveja em impulso positivo

Aprenda a recontextualizar a inveja

Você imaginaria que desejar o sucesso que o outro tem, sem querer o mal, pode te ajudar a planejar-se para conquistar seus objetivos? Sentir inveja é normal? O que é inveja?

O sentimento de inveja é negativo, pois é caracterizado por uma tristeza (leve ou profunda) com relação ao que o que outro tem (coisas materiais, profissionais, amorosas, qualidades e habilidades pessoais, etc) e ao que eu não tenho. Inveja é um sentimento de frustração que leva muitas pessoas a experimentarem o gosto amargo da infelicidade ao querer ter algo que não se possui no momento presente.

A inveja é sentimento tão negativo que é considerado um dos sete pecados capitais. Isso ocorre porque ela é uma emoção carregada de comparações ruins e limitantes. Quanto mais se desejar ser e ter o que não se é e tem, maior a possibilidade de dor e angústia, por não ser capaz de usufruir o que se tem. Quem não é capaz de dar valor ao que se conquistou e todas as batalhas que já se venceu pode sofrer muito com isso.

Inveja boa?

Como tentativa de cura dessa sensação ruim, o movimento interno da pessoa é querer ter exatamente o que o outro tem. De forma saudável, essa pessoa pode criar metas e planejamentos para, em breve, alcançar o sucesso desejado. Essa ação é dita por muitos como sendo a “inveja boa”. Ou seja,  quando alguém quer o que o outro tem tem, sem querer o mal dessa pessoa e sem sofrer por não ter, sendo capaz de planejar, organiza-se para ter num futuro próximo ou distante aquele mesmo gostinho de sucesso. E assim, a pessoa consegue ser feliz hoje com o que tem e sonhar com o que pode vir a ter.

Somos capazes de olhar o sucesso pessoal de alguém e buscarmos também o melhor para nós mesmos. Por exemplo, se um amigo começa a praticar um determinado esporte, uma academia para cuidar da saúde física e mental, segui-lo nesse caminho, pode ser algo bom e não necessariamente carregado de tristeza e mal estar.

De forma negativa, a pessoa não sai do lugar e sofre por não ter o que deseja. Com isso, não é capaz nem de aproveitar o que tem, nem de correr atrás do que deseja. Por isso, para algumas pessoas, sentir inveja é sinônimo de inércia e muito sofrimento. Esse mal estar todo pode até mesmo levar a uma baixa autoestima.

Grama do vizinho

Quem olha para o outro e vê um aspecto de sucesso isolado do contexto geral da vida pode achar que as pessoas a sua volta têm uma vida mais fácil, são mais sortudas e felizes. Portanto, descontextualizar o sucesso de uma pessoa pode ser algo terrível para mente humana. Pensar que “A grama do vizinho é sempre mais verde” leva a sentimentos ruins e de pouca racionalidade.

Quando a dor é grande e leva a pessoa a sair do caminho de motivação, ação e realização pessoal pode ser indicado um tratamento psicoterápico. Técnicas de programação neurolinguística, hipnose e coaching de vida podem ser úteis para lidar com esses sentimentos e também para criar novas opções de sentimento e comportamento. Ser capaz de planejar e de alcançar o sucesso é delicioso e interfere muito positivamente na qualidade de vida.

Fonte: www.minhavida.com

,
Post anterior
Confira vídeo para fortalecer as laterais do corpo
Próximo post
Exercícios simples podem prevenir entorse do tornozelo

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This