Como montar um estúdio de Pilates

Aprendendo como montar um estúdio de Pilates

Você tomou a decisão de empreender e quer saber como montar um estúdio de Pilates? Chegou ao lugar certo! Aqui vamos reunir todas as informações que você precisa para abrir um estúdio de Pilates de sucesso. Mais do que vontade, montar o negócio requer cautela desde a escolha da localidade até a qualidade dos aparelhos que vai adquirir. Assim, poderá conquistar um público fiel, oferecer segurança aos alunos, otimizar seu trabalho e economizar com a manutenção.

Antes de qualquer coisa, vale lembrar que para ministrar aulas de Pilates é preciso fazer um curso de formação específico. Dessa forma, não basta a formação em fisioterapia, educação física ou áreas afins. Você precisa fazer a formação em Pilates. Nesse ínterim, escolher um curso de qualidade é o primeiro passo para o resultado positivo de seu estúdio. Assim, se você ainda precisa passar por essa etapa, nossa sugestão é que você procure a formação Polestar Pilates.

Investir em sua formação é crucial. Sem dúvida, quando você opta por um curso de qualidade, você já está um passo à frente no mercado. Antes de mais nada, você terá um repertório infinitamente mais amplo e o conhecimento necessário para adaptar e criar exercícios para públicos específicos. Portanto, a dica número zero é: não seja negligente com sua formação. Invista nela! Logo após superada essa etapa, vamos em frente.

Por que abrir um estúdio de Pilates?

Vamos começar analisando os pontos positivos de abrir um estúdio de Pilates. O Pilates é um método muito democrático, que pode ser praticado por praticamente qualquer pessoa. Resumindo, seu público-alvo é imenso, vai de crianças a idosos, dos saudáveis aos que possuem mobilidade reduzida ou necessidades especiais.

Como montar um estúdio de Pilates organizadoAlém disso, a eficiência do Pilates tem comprovação científica. De tal forma, que há vários estudos sobre a aplicabilidade prática do método, todos com resultados muito positivos. Desse modo, é possível atuar desde a prevenção até o tratamento de lesões, sempre de forma eficaz. Especialmente esse ponto é ótimo para fidelização de clientes, porque todos que praticam costumam perceber os benefícios em um curto espaço de tempo.

Por fim, os benefícios e objetivos do Pilates são inúmeros. Só para exemplificar, ele melhora a flexibilidade, a mobilidade, a força muscular, a respiração. Fortalece os músculos, desenvolve a consciência corporal e corrige postura. E é indicado para tratar uma infinidade de doenças, como a fibromialgia e a labirintite, e a sequela de outras tantas, como o alzheimer, AVC, esclerose múltipla e lúpus.

Como escolher o bairro para montar um estúdio de Pilates?

Quando você decide montar seu próprio negócio, você está fazendo o investimento de sua vida. Ali você deposita toda a expectativa acerca de sua trajetória profissional. Essa decisão envolve projetos, sonhos, idealizações. Escolher com cuidado onde abrir o seu estúdio de Pilates é muito importante. Existem alguns pontos que você precisa levar em conta nessa etapa.

Antes de qualquer coisa, você precisa analisar o público que quer atingir. Ter clareza sobre o público-alvo vai ajudar para começar a entender como montar um estúdio de Pilates bem-sucedido. Você precisa levar em consideração uma série de outros fatores também. Agora vamos enumerar esses itens, para nortear a sua escolha em relação à localização. A partir da análise dos itens abaixo, você pode reduzir o seu campo de buscar a três ou quatro bairros.

Classe social da região

Faça uma ponderação sobre a média da mensalidade cobrada pela concorrência na sua cidade, para fazer um mapeamento dos bairros indicados. Regiões de classe média a alta são boas opções. Se o seu projeto de vida, no entanto, é tornar o Pilates mais acessível aos menos favorecidos, você pode ampliar o seu universo. Nesse caso, lembre-se que deverá cobrar uma mensalidade condizente com o local onde vai instalar seu estúdio.

Tipos de empresa ao redor

Parece bobagem, mas investigar a atividade econômica da redondeza pode te ajudar nessa escolha. Observe o ramo das empresas predominantes na vizinhança. O ideal é que sejam empresas que tenham alguma relação com seu negócio, voltados à saúde e ao bem-estar, ou grandes estabelecimentos, onde circulam muitas pessoas, como shopping centers, supermercados.

Mercado concorrente na região

A avaliação da concorrência faz parte de qualquer planejamento de negócio que uma pessoa pretenda abrir. Com o estúdio de PIlates não será diferente. Estude a concorrência nos bairros circunvizinhos. Se você identificar que já existem muitos estúdios de Pilates por lá ou academias que oferecem aulas de Pilates, talvez seja melhor pensar em outra alternativa.

Comportamento de consumo dos transeuntes

Poucas pessoas pensam nessa questão. Mas o comportamento das pessoas que transitam pelo lugar pode falar muito sobre a área. Nesse contexto, observe as pessoas, o movimento delas, os horários de picos. Analise o que as pessoas costumam fazer naquela região, se ali é um local de passagem ou se é um local com boa densidade populacional. A análise comportamental do público frequentador da região é um bom indicativo.

Acesso ao estúdio de Pilates

Esse item é importantíssimo. O trânsito nas cidades está cada dia mais complicado. As pessoas buscam por facilidade na vida, então a acessibilidade será um diferencial na sua oferta de serviços. Pense em um local em que as pessoas consigam chegar e sair com facilidade, que tenha oferta de transporte público e que tenha espaço para estacionar na redondeza.

Como escolher o imóvel para abrir o estúdio de Pilates?

Seguindo com as dicas sobre como montar um estúdio de Pilates, vamos agora auxiliá-lo na procura do imóvel que vai abrigar seu espaço. Você vai precisar verificar alguns itens nessa etapa, especialmente acerca do tamanho, condições físicas, iluminação e segurança. É preciso lembrar que o público do Pilates é formado por muitas pessoas com limitações físicas.

Como montar um estúdio de Pilates com aparelhos

Tamanho

Aqui vamos considerar o que seria um tamanho mínimo ideal, para quem quer começar com os equipamentos essenciais. Alguns aparelhos de Pilates são volumosos, portanto, o ideal é uma sala a partir de 40m2. Se você pretende inaugurar um espaço mais completo, com mais equipamentos e acessórios, ou pretende expandir em curto prazo, já pense nisso e opte por um imóvel maior. Entre 40m2 e 100m2 será suficiente.

Tenha em mente que você precisará ter espaço para livre circulação sua e dos alunos que estiverem fazendo a aula. Você deverá conseguir transitar no local com agilidade e ter facilidade de manipular e acessar os aparelhos e acessórios. O espaço não precisa ser gigantesco, mas deve oferecer conforto na medida certa, para que os alunos se sintam à vontade durante a prática.

Condições físicas

Toda reforma gera custos, e sempre gastamos mais do que o projetado inicialmente. Então, se você quer economizar nessa parte, observe com cuidado as condições do imóvel. Detecte se existe algum indício de vazamento, se o encanamento e a parte elétrica estão funcionando.

Veja se há rachaduras pelas paredes, se os pisos estão satisfatórios e se você terá problemas de acessibilidade nos dias de chuva. Isso pode parecer bobagem, mas você vai entender a importância de ter olhado esses detalhes no dia que tiver o primeiro problema. Então, verifique itens como o telhado e se o local sofre com alagamentos.

Acessibilidade interna

Além do item relativo ao acesso ao local, também analise a acessibilidade dentro do imóvel. Lembre que parte do seu público é composta por idosos e portadores de necessidades especiais, que podem ter dificuldade de locomoção ou mobilidade reduzida. Portanto, verifique se há escadas, se elas oferecem segurança, se os banheiros estão seguros e adaptados para uso desse público, se há rampas de acesso.

Iluminação e ventilação

O Pilates trabalha com qualidade de vida (LINK PARA A MATÉRIA SOBRE QUALIDADE DE VIDA), promovendo saúde e bem-estar. Então a qualidade do ambiente é fundamental para que essa função seja atingida com sucesso. Dê preferência a imóveis com boa iluminação natural, que sejam arejados. Independente da instalação do ar condicionado no espaço, é importante que em algum momento você abra as janelas e receba uma boa ventilação natural.

Como abrir um estúdio de Pilates: aspectos legais

Legalizar o seu estúdio de Pilates é fundamental para dar início a seu negócio. Você vai precisar registrar sua empresa, pagar os impostos e dar entrada nos alvarás exigidos. Como você não é especialista nessa área, e qualquer tropeço pode adiar consideravelmente seus planos, nossa dica é que você contrate um contador. Ele é o profissional adequado para te dar todas as orientações do passo a passo a seguir.

Marque um atendimento inicial com o contador e tire todas as suas dúvidas. Verifique seus custos, os documentos que precisará reunir, pergunte o que você precisa agilizar, para que ele te auxilie nessa caminhada. O contador também será seu principal aliado, para os casos em que precisar realizar contratações de profissionais, fazer declarações de impostos e cuidar das questões legais envolvendo suas finanças.

Caso você não conheça nenhum profissional da área, você pode recorrer ao conselho de classe. Basta acessar o site do Conselho Federal de Contabilidade, clicar na opção Conselhos, no menu principal, e escolher o seu Estado. Posteriormente, é só acessar o site do conselho regional da sua localidade e procurar a lista de profissionais cadastrados lá.

Como escolher os equipamentos para o estúdio de Pilates?

Aprender como montar um estúdio de Pilates perpassa pela escolha de equipamentos. Inegavelmente, essa etapa é delicada. Muitos profissionais querem economizar na aquisição dos aparelhos, mas você precisa ter muito claro que você será responsável pela integridade física de seus alunos. Assim sendo, qualquer acidente ocorrido dentro do estúdio no uso de aparelhos, a responsabilidade será sua. Portanto, priorize a segurança dos alunos, com equipamentos de qualidade.

Para saber como escolher os equipamentos de Pilates ideais, acesse nosso artigo sobre o tema. Mas para adiantar a sua compreensão sobre o assunto, vamos listar aqui itens mais importantes que você deve considerar.

  1. Escolha equipamentos de qualidade, que tenham prazo de garantia alto. Isso vai reduzir seu custo com a manutenção.
  2. Priorize aparelhos que tenham alumínio na estrutura abaixo do carrinho, a fim de evitar preocupação com ferrugens e problemas afins.
  3. A fixação dos pés dos equipamentos por sistema de colagem com grampos sob alta pressão garantem maior estabilidade e segurança.
  4. As molas precisam ter qualidade alta, para garantir durabilidade e segurança.
  5. O carrinho com sistema de oito rodas com rolamento de esferas ABEC7 apresentam mais maciez no deslizamento e durabilidade muito maior.
  6. O material do suporte da barra de molas precisa ser resistente o suficiente, para não fazer ruídos nem enferrujar.
  7. Os tubos do Cadillac Trapézio devem ser de aço inox polido ou de alumínio anodizado, evitando ferrugem e corrosão.
  8. Preste atenção em como funciona a montagem dos equipamentos. É preciso ter muita segurança nessa etapa, para não acontecer acidentes.

Aparelhos essenciais para abrir um estúdio de Pilates

Quanto mais aparelhos e acessórios você tiver, mais será a sua capacidade de variar nos exercícios. No entanto, você pode iniciar seu estúdio de Pilates com os aparelhos básicos. E, aos poucos, adquirir novos equipamentos para incrementar as aulas. Por esse motivo, separamos aqui quatro aparelhos que você deve ter para começar as suas aulas com qualidade.

Reformer

É um aparelho completo e versátil, que possui uma plataforma móvel, desafiando o aluno em vários aspectos, como alongamento, mobilidade, equilíbrio e força. O Reformer permite trabalhar todos os grupamentos musculares em posições variadas. Ele também possibilita uma série de adaptações, para públicos especiais. É possível também incrementar o treino com uso de acessórios.

Como montar um estúdio de Pilates com Reformer

Cadillac

O Cadillac é semelhante a uma mesa, com diversos acessórios acoplados, como barras e alças, molas. Ele é muito funcional e auxilia bastante no treino de pessoas com mobilidade reduzida e dificuldade para a prática de exercícios no solo. Oferece uma gama de possibilidades e ajustes, para propiciar variedade de treinos e intensidades.

Como montar um estúdio de Pilates com Cadillac

Chair

A Chair é um equipamento menor em tamanho, mas tão versátil quanto os demais. Ela simula uma cadeira, com duas bengalas e dois pedais acoplados. É um aparelho maravilhoso para criar resistência, indicado tanto para reabilitação quanto para desenvolvimento de força e condicionamento físico. É possível trabalhar membros inferiores e superiores com a mesma qualidade.

Como montar um estúdio de Pilates com Chair

Ladder Barrel

O formato do Lader Barrel apresenta uma junção de dois objetos, um barril com uma escada. O equipamento possui uma superfície arredondada unida a uma estrutura com degraus. Não há molas, nem alças, nem pedais. Seu formato é ideal para trabalhar o controle do corpo, a postura e a amplitude dos movimentos.

Como montar um estúdio de Pilates com BarrelQuanto custa para montar um estúdio de Pilates?

Não há como montar um estúdio de Pilates sem fazer uma previsão de todos os custos que você precisará administrar. Primeiramente, é importante ser bem honesto nesse momento, porque o seu custo final vai depender de muitas variáveis. Dificilmente montar um estúdio de Pilates vai custar o mesmo preço para todos. Então vamos reunir os principais custos que você terá, para que você consiga fazer os seus cálculos a partir da mensuração deles.

Aluguel

Caso você não possua um espaço próprio, deverá acrescentar na sua planilha o custo com o aluguel. Eventualmente, a depender do local, esse custo vem conjugado com o condomínio. Como sua pretensão será permanecer no local por um tempo significativo e está apenas iniciando sua jornada empreendedora, tente negociar com o proprietário o valor inicial.

Equipamentos e acessórios

Já falamos no decorrer desse texto e vamos ressaltar. Invista em bons aparelhos, que lhe permitam trabalhar com segurança e tranquilidade. Além disso, pense nos acessórios que você precisará adquirir. Como resultado, você poderá ampliar o seu repertório de exercícios. Alguns exemplos são bolas, faixas elásticas, discos de equilíbrio, anéis etc. Pondere os mais importantes para investir e comece por eles, visto que a intenção nesse momento é usar estrategicamente o seu dinheiro.

Contas de consumo

Você terá custos fixos com as contas de consumo. Ou seja, terá de pagar água, luz, telefone e energia, para conseguir manter seu estúdio de Pilates em funcionamento. A depender da região, esses valores podem variar bastante. Mas esses custos não podem deixar de compor sua planilha, porque a falta de um deles pode comprometer a sua atuação profissional.

Materiais de escritório e mobiliário extra

Você vai precisar ter o básico de material de escritório, por exemplo, caneta, papel, porta objetos e afins. Vai precisar ainda de um bebedouro e copos – incentive sempre os alunos a levarem suas próprias garrafinhas, que você vai economizar e contribuir com o meio ambiente. Lembre de projetar também os custos com os móveis auxiliares. São necessários armários para abrigar os acessórios e outro para guardar os pertences dos alunos. Caso tenha uma recepção, vai precisar de mesa, computador e cadeira.

Honorários

Falamos lá em cima sobre a importância da contratação de um contador, para legalizar a sua atividade e cuidar das informações financeiras e tributárias. Então esse custo deverá ser contabilizado. Se você quer investir um pouquinho mais, pode contratar também um arquiteto. Ele fará o projeto do estúdio, otimizando os espaços e melhorando a funcionalidade do lugar.

Impostos e taxas

Toda atividade empresarial gera a necessidade de recolhimento de alguns tributos. O contador te ajudará nessa etapa. É ele o profissional capacitado para esclarecer quais os impostos e taxas que deverão ser recolhidos para a manutenção do seu estúdio de Pilates. Todavia, dá para projetar esses custos e a periodicidade deles antes mesmo de iniciar as suas atividades.

Sistema de segurança

A depender de onde será instalado o seu estúdio de Pilates, considere a possibilidade de instalação de um sistema de monitoramento. Assim, você poderá visualizar toda a movimentação na área de acesso ao estúdio, mesmo quando não estiver por lá. Hoje em dia existem câmeras com preços bons, que podem resolver a questão.

Mas lembre-se que esse tópico não será necessário, se você montar um estúdio de Pilates em uma sala de um prédio comercial. O sistema de segurança é útil quando o estúdio é instalado em uma estrutura estilo casa, para que você possa ver quem está na porta, se alguém está tentando entrar no lugar.

Estrutura e manutenção do estúdio

Você precisará fazer uma fachada interessante, com uma placa que chame a atenção dos transeuntes. Também deverá contabilizar os gastos com a manutenção do seu estúdio de Pilates. O estúdio precisará de limpeza frequente, inclusive nos equipamentos, para manter a segurança dos alunos e a sensação de bem-estar que o local deve proporcionar.

Seus gastos nessa área envolverão materiais de limpeza em geral. E não esqueça de que deverá sempre ter álcool 70, a fim de fazer uma rápida higienização. Lembre-se que os banheiros precisarão estar sempre bem apresentados e equipados. Em outras palavras, sabonete, papel higiênico, toalhinhas descartáveis ou secador de mãos são itens indispensáveis.

Cartão de visita e redes sociais

Primeiramente, faça um cartão de visitas e lembre de distribuí-lo. Sempre que a situação permitir, puxe o assunto de seu estúdio e entregue o cartão. Desta forma, você estará divulgando espontaneamente o seu trabalho. Além disso, invista em suas redes sociais, elas serão uma forma eficaz e de baixo custo de promoção do seu estúdio de Pilates. Você pode contratar um profissional para atualizá-las ou se capacitar para fazer isso você mesmo.

Contratação de profissionais

Se a sua intenção é ter uma equipe de colaboradores te auxiliando nessa empreitada, deverá contabilizar essas despesas. Salários, benefícios, férias, 13º salário, em síntese, são muitos os custos que envolvem as legislações trabalhistas. O seu contador estará apto para esclarecer tudo a respeito disso.

Capital de giro

O capital de giro diz respeito aos recursos necessários para que você consiga custear as demandas operacionais de funcionamento de sua empresa. É importante que você saiba administrar bem os seus recursos financeiros. Nessa parte, você terá o auxílio do seu contatos, mas é interessante que você entenda do assunto, para tomar as decisões estratégicas sobre investimentos e despesas.

Dicas para montar um estúdio de Pilates de sucesso

1. Faça um planejamento

De antemão, planejar a implantação de qualquer negócio é fundamental para o seu sucesso. Sendo assim, você precisa saber cada detalhe, para que precise lidar com o menor número de imprevistos possíveis. Coloque tudo no papel, revise as demandas que precisa lidar, avalie os impactos de suas decisões.

Se for o caso, procure orientação profissional nesse sentido, pois essa etapa é a mais importante de todas. Você pode contar com o apoio do Sebrae mais próximo, para te orientar com o plano de negócios. Segundo dados do IBGE, mais de 50 das empresas fecham após cinco anos de sua abertura. Por isso planejar é tão crucial. Para auxiliar nessa etapa, baixe o nosso e-book sobre como abrir o seu estúdio de Pilates.

2. Invista na divulgação

Você precisa apresentar seu negócio ao mercado. Ou seja, precisa aparecer para os seus potenciais clientes. Portanto, cuide da divulgação de seu estúdio, crie redes sociais, alimente essas redes com conteúdo qualificado. No nosso site, você encontra um e-book completo sobre como utilizar as mídias sociais a favor do seu Studio de Pilates.

3. Busque outras formas de rentabilizar o estúdio

Caso você esteja montando um estúdio para dar suas próprias aulas, você pode adotar alternativas de ganhar dinheiro além das mensalidades. Inicialmente, você pode oferecer acessórios, como as meias típicas do Pilates e prendedores de cabelo. Nesse sentido, pode ainda investir na venda de roupas para a prática da atividade, criar camisas com a logomarca de seu estúdio. Também é possível conseguir parceiros, para compartilhar o estúdio nos horários disponíveis.

4. Crie métodos para conquistar seu público

Ofereça aulas experimentais gratuitas, essa é uma excelente forma de mostrar o seu trabalho e criar clientela. Além disso, você também pode pensar em promoções, se inscrever em clubes de compras coletivas e fazer parcerias com outras empresas do ramo de saúde. Por último, se você é fisioterapeuta e irá trabalhar com reabilitação, analise a possibilidade de aceitar planos de saúde.

, , , , , , , , , ,
Post anterior
Pilates auxilia na recuperação de pacientes em reabilitação
Próximo post
Saiba tudo sobre os benefícios do Pilates para homens

Mais Posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This