Como prevenir o coronavírus no studio de Pilates

Como prevenir o Coronavírus no Studio de Pilates

A pandemia do coronavírus trouxe uma nova rotina de higienização e cuidados diários A gravidade da doença causada pelo vírus instalou um clima de insegurança, exigindo medidas drásticas. Nesse contexto, os studios de Pilates precisaram se adaptar, para manter a segurança dos profissionais e alunos. Nesse artigo, vamos trazer dicas para prevenir o coronavírus no studio de Pilates.

O que é o Coronavírus?

Como o próprio nome já diz, o coronavírus é um vírus com capacidade de causar doenças respiratórias graves, como infecções agudas do trato respiratório. Essas infecções são associadas a casos de mortalidade no mundo inteiro, especialmente quando acometem portadores de comorbidades ou que apresentam fatores de risco, como diabetes, hipertensão, cardiopatias e obesidade.

O coronavírus humano que foi recentemente identificado no Oriente Médio foi batizado de SARS-CoV-2, que provoca a doença batizada de Covid-19. As características clínicas da doença são diversificadas. Ou seja, o vírus pode causar desde um resfriado leve até uma grave pneumonia. Inclusive, há casos de pessoas totalmente assintomáticas. Por isso a importância de se adotar medidas para prevenir o Coronavírus no studio de Pilates.

Importância de prevenir o coronavírus no studio de Pilates

Um dos grandes problemas relacionados ao Coronavírus é o seu alto poder de contágio. Assim, a prevenção mostra-se fundamental. O vírus pode ser transmitido por gotículas de saliva, tosse, espirro, catarro, pelo aperto de mãos e pelo toque em superfícies e objetos contaminados e depois levar esta mão à boca, nariz ou olhos.

Principais sintomas da Covid-19

Os sintomas causados pela infecção por coronavírus são normalmente indicativos de uma gripe. Dentre os mais comuns, foram identificados:

– Febre;

– Tosse seca;

– Fadiga;

– Falta de ar e dificuldade para respirar;

– Produção de secreção;

– Dor de garganta;

– Cefaleia;

– Perda do olfato e do paladar;

– Dores musculares e/ou nas articulações;

– Congestão nasal;

– Diarreia, náuseas e vômitos.

Dicas prevenir o Coronavírus no Studio de Pilates

Como prevenir o Coronavírus no studio de Pilates

Diante do quadro de fácil alastramento do vírus e do nível de gravidade que a doença pode alcançar, é indispensável que os profissionais de Pilates adotem rotinas diferenciadas em seus studios. As medidas garantirão a proteção e segurança tanto dos profissionais quanto dos alunos. Confira agora nossas dicas para prevenir o coronavírus no studio de Pilates.

1. Coloque um totem de álcool 70% na entrada

É importante que você ofereça uma forma rápida de higienização das mãos aos seus alunos antes que eles entrem no espaço do studio. Portanto, oferecer álcool 70% em um totem ou dispenser deve ser regra. Obviamente, você deve orientar todos os alunos a utilizarem o álcool e fiscalizar o uso.

2. Utilize um tapete higienizante

Outra recomendação é instalar um tapete higienizante na entrada da sala de aula, para que os alunos limpem os solados dos calçados. Ainda que estejam higienizados, recomende que os calçados sejam deixados do lado externo da sala. Para isso, instale um armário apropriado.

3. Objetos pessoais devem ser deixados fora da sala

Se você tiver espaço, instale um pequeno armário, a fim de que os alunos guardem todos os seus objetos pessoais na entrada da sala. Oriente que evitem utilizar acessórios, jóias e afins durante a aula. Além de prevenir o coronavírus no studio de Pilates, você também vai garantir uma prática de Pilates muito mais segura aos seus alunos.

4. Reveja a quantidade de alunos por horário

O isolamento social é uma das mais importantes medidas de prevenção de contágio do coronavírus. Desse modo, organize a sua agenda de aulas, a fim de que o studio comporte apenas a quantidade de alunos suficientes para manter o isolamento entre eles. Assim, calcule o seu espaço disponível e faça os remanejamentos necessários.

5. Mantenha os alunos em uma única estação durante a aula

Nesse primeiro momento, evite a troca de acessórios e aparelhos entre os alunos. Predetermine o local em que cada um ficará durante a aula e mantenha-o ali durante todo o treino. Crie a rotina de exercícios para que o aluno se mantenha naquele espaço específico reservado a ele. Isso evitará que eles entrem em contato entre si e que utilizem objetos simultaneamente.

6. Reserve um intervalo entre as aulas para higienização dos aparelhos

Ao organizar sua agenda de aulas, lembre-se de que você necessitará de um tempo entre uma turma e outra para realizar a higienização de acessórios e equipamentos. Essa limpeza evitará uma possível contaminação dentro do ambiente. Prevenir o coronavírus no studio de Pilates exige muita atenção e cuidado do profissional. Fique atento a isso.

Além da higienização que studio faz, crie o hábito do aluno higienizar o equipamento ou espaço do solo que usou. Disponibilizar pequenos borrifadores espalhados pela sala poderá tornar o aluno mais autônomo nesta higienização, dividirá a responsabilidade e trará maior segurança para todos.

7. Evite o contato físico com os alunos

O ideal é que todas as orientações e correções dos exercícios sejam feitas por meio de comandos verbais. Evitar qualquer tipo de contato físico e compartilhamento de aparelhos é crucial nessa fase. Portanto, treine os seus comandos verbais, para que eles sejam o mais eficientes possível.

8. Torne obrigatório o uso de máscaras durante toda a aula

O uso de máscaras deve ser obrigatório, um pré-requisito para o aluno fazer a aula. Não flexibilize neste aspecto, mesmo se o aluno estiver treinando sozinho. Ele pode contaminar alguma superfície e acabar disseminando o vírus entre outros alunos.

9. Mantenha o ambiente limpo e arejado

A ventilação natural é a mais indicada para manter o seu espaço seguro. Assim, se seu studio possui janelas amplas, opte por mantê-las abertas em substituição ao ar condicionado ou ainda manter o ar condicionado ligado mesmo com as janelas abertas. Quanto mais ventilado o ambiente, melhor.

10. Observe seus alunos

Tenha ainda mais atenção com seus alunos, ou seja, observe se estão sentindo algo estranho. Converse com eles, sonde sobre como estão se sentindo. Caso você perceba algo suspeito, oriente que ele permaneça em casa, em isolamento, até que a suspeita seja afastada.

, , , , ,
Post anterior
Atividade física para sedentário? Invista no Pilates
Próximo post
Exercícios em superfícies instáveis com Rafael Spíndola

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This