Treinamento e Fisioterapia com Pilates – parte 3

3. Pilates: exercícios para terapia

Vamos continuar a sequência do artigo: Treinamento e Fisioterapia com Pilates Parte 1 e Parte 2 ? (Para conferir, clique aqui). Neste, vamos apresentar exercícios bastante conhecidos do ambiente Pilates: Mat e Equipamentos.

3.1. Exercícios básicos de Mat (solo)

Respiração

Integre o movimento de respiração tridimensional, ao enfatizar o diafragma e as estruturas conectadas.

Bridging

Movimento segmentar da coluna, incentivando o fator de descompressão (alongamento axial) e dissociação.

Hundred

A integração de todas as camadas profundas e conectadas do centro com foco em facilitar a respiração e a circulação sanguínea.

Roll Up

Ensinando flexão funcional da coluna com integração de todo o corpo, liderando com o olhar, alongamento axial e descompressão.

Side Kick

Em uma posição mais desafiadora com menos base de suporte, a estabilização tridimensional é necessária para não inclinar ou girar em segmentos instáveis da cadeia de movimento

Dart

Ensino de engajamento torácico para extensão em integração com a cadeia posterior estabilizadora profunda.

3.2. Exercícios básicos de Pilates no equipamento

O método de Pilates usa equipamentos que o próprio Pilates inventou e projetou. A sua característica é a possibilidade de:
– Escolher assistência e maior base de apoio para criar estabilidade em certas fases da reabilitação ou para;
– Criar resistência para fortalecer e estabilizar tanto as configurações de cadeia aberta quanto fechada.

Piates percebeu que, especificamente as curvas da coluna vertebral e sua integração no processo de neuro-reabilitação, desempenham um papel importante para a integração funcional total. Para abordar isso, ele criou equipamentos capazes de apoiar e / ou desafiar o alinhamento da coluna vertebral.

 

Para fins de reabilitação, os terapeutas devem considerar o uso de equipamentos Pilates para seu propósito específico com características exclusivas e completas.

+Q Pilates, Atividade Fisica, bem-estar, consciência corporal, Equilíbrio, mais que pilates, Movimento, Pilates, qualidade, Revista Mais Que Pilates, Revista Online, Saúde, tratamento
Post anterior
Benefícios do Pilates no paciente com Acidente Vascular Encefálico (AVE)
Próximo post
Treinamento e Fisioterapia com Pilates – parte 4

Mais Posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This