A respiração é um dos fenômenos mais importantes do corpo humano, pois é responsável pelas trocas gasosas entre o sangue e o ambiente exterior e entre o sangue e os tecidos. Ou seja, é a respiração que injeta oxigênio no sangue e retira dele o gás carbônico. Mas sua importância vai além, ela exerce funções tão mais amplas, que é, inclusive, base do Pilates. O princípio da respiração é um dos seis fundamentos do método.

Além do princípio da respiração, o Pilates é regido por outros cinco: concentração, controle, precisão, centralização e fluidez.

Quando o assunto é o princípio da respiração, o seu conceito ganha novos contornos, como explica Adriana Trotta, educadora física e especialista em Pilates Clássico, 2ª Geração por Romana Kryzanowska no Brasil.

É a capacidade de respirar corretamente (inspirar e expirar profunda e completamente) durante os exercícios. Criar um ritmo respiratório, que é estabelecido como regra em alguns exercícios, como no The Hundred, e que em outros significa apenas respirar naturalmente”, afirma Adriana.

O princípio da respiração na prática do Pilates

Quando um aluno começa suas aulas de Pilates, ele é convidado a treinar a sua respiração. “Além de ensinar os exercícios do método, é imprescindível que o profissional de Pilates esclareça a seus clientes sobre a importância de uma respiração consciente”, destaca Adriana Trotta.

Pilates e o princípio da respiraçãoA especialista ressalta que é importante que o profissional de Pilates ensine o aluno a respirar corretamente, porque o ritmo respiratório interfere diretamente na qualidade do movimento. “O profissional precisa, a todo tempo, estimular o seu aluno durante as aulas e inspirar e expirar profundamente”, diz.

O criador do método, Joseph Pilates, tem uma frase que define bem como a respiração correta é crucial na vida das pessoas. Ele dizia: “respirar é o primeiro e último ato da vida. Nossa vida depende disso. Já que não podemos viver sem respirar, é tragicamente deplorável contemplar os milhões que nunca aprenderam a arte de respirar corretamente.”

Benefícios de respirar corretamente

Os teóricos do assunto são taxativos: respirar corretamente é essencial para o bom funcionamento do organismo. O autor S. Keleman, em seu livro Anatomia Emocional, explica que a falta de sangue ou oxigênio nos músculos limita os movimentos do indivíduo.

A ausência de oxigênio no cérebro causa apatia e desatenção. Por outro lado, oxigênio em excesso, o que ocorre frequentemente nos casos de ansiedade, acaba gerando a sensação de coação no indivíduo. Então, agora dá para entender a importância generalizada da respiração?

Como colocar em prática o princípio da respiração“O verdadeiro controle do coração é resultado de uma respiração correta, que, simultaneamente, reduz a pressão do coração, purifica o sangue e desenvolve os pulmões. Para respirar corretamente, você deve inspirar e expirar completamente, sempre procurando espremer bem forte todos os átomos de ar impuro dos pulmões, da mesma maneira que torceria cada gota de água de uma toalha molhada.”

(Pilates & Miller, 2010 p.125)

“Nos dias de hoje, além de todo o benefício físico, é muito comum encontrarmos pessoas incapazes de respirar profundamente, devido ao stress e ansiedade do conturbado mundo em que vivemos. O estímulo para respiração profunda é algo essencial”, pontua Adriana Trotta.

A respiração está conectada a uma série de funções do nosso organismo. Ao respirar de forma correta você contribui com o próprio bem-estar. Em outras palavras, melhora a digestão, elimina toxinas, controla a temperatura, equilibra diversas funções orgânicas e até combate a ansiedade e o estresse. E aqui é só para exemplificar.

Por que ter um princípio da respiração no Pilates?

Princípio da respiração e seus benefíciosJoseph Pilates acreditava que os benefícios de seu método não seriam completos sem a aplicação dos princípios básicos da Contrologia. “Em especial, a respiração profunda e completa leva mais oxigênio para todo o corpo, através da circulação sanguínea. Isso estimula uma maior atividade muscular. Sendo assim, a respiração correta é um fator importantíssimo para uma prática física mais benéfica”, assinala a especialista em Pilates Clássico, Adriana Trotta.

Como aprimorar a respiração no Pilates

Por ser tão crucial, Joseph Pilates desenvolveu um acessório específico para o treinamento da respiração em seu método. Batizado de Breath A Cizer, o aparelho possui o objetivo de praticar a respiração de forma consciente, de modo a desenvolver e melhorar a capacidade pulmonar do praticante.

Joseph Pilates partiu da premissa de que, ao expulsar todo o ar do pulmão na expiração, o órgão se expande ainda mais na inspiração seguinte. Assim, o organismo terá ainda mais ar novo em cada respiração e, portanto, ainda mais benefícios. Consequentemente, terá também uma capacidade respiratória muito melhor.

O princípio da respiração para os estudiosos do tema

“Os exercícios aliados a uma correta respiração, poderiam ajudar na prevenção da tuberculose, além de promover um melhor estado de saúde”

(Panelli & De Marco, 2006 p.39)

“Pilates enfatiza a importância de manter a circulação do sangue pura. A pureza é o resultado de uma respiração adequada durante os exercícios, oxigenando o sangue e eliminando os gases nocivos. J.H. Pilates determinou que a melhor técnica de respiração para eliminar o que faz mal: inspirar o que é bom é inspirar com toda a força e em seguida encher totalmente os pulmões, inspirando o ar profundamente. Depois de alguma prática você será capaz de coordenar seus padrões de respiração com cada movimento de um exercício.”

(Gallagher & Kryzanowska, 2000 p.13)

“A respiração deve ser adequadamente coordenada com os movimentos. J.P. escreveu: Antes de tudo, aprenda a respirar corretamente. Ele defendia que forçar a expiração completa era a chave para uma inspiração correta. A expiração é fundamental, pois expulsa o ar viciado dos pulmões como quando torcemos um pano ensopado de água.

(Aparicio & Perez, 2005 p.39)

,
Post anterior
5 benefícios do Pilates que te farão praticá-lo
Próximo post
Chair no Pilates: guia completo

Mais Posts:

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This