Vamos lá! Comecei um texto anterior com essa frase:

“Mover é algo natural, nasce com gente e nos acompanha durante toda a nossa jornada”
(Pilates, uma experiência positiva de mover).

Pensando sobre esse mover nato, seria egoísmo de nós profissionais da saúde e do movimento, restringir o 01movimento a uma sala de aula. Isso porque, como já disse antes, nossa missão é trazer consciência e autonomia para que possamos realizar todas nossas atividades diárias, de esporte e de lazer com a maior destreza possível, independente de nossa idade cronológica. Ando pensando que nós temos mesmo uma “idade do mover”, mas essa conversa fica pra outro dia!

“A ferramenta mais poderosa que o Pilates proporciona para nós é a consciência de nós mesmos”
(Brent Anderson)

Brent traduz um pouco da técnica de Pilates nessa frase, quando diz que nos traz “consciência de nós mesmos”. E essa consciência pode vir com um pouco da prática diária, que pode ser muito mais beneficiada com boa informação e boa orientação!

As práticas corporais e atividades físicas aparecem dentre os oito temas prioritários para a promoção da saúde no Brasil (PNPS – Política Nacional de Promoção da saúde, BRASIL, 2014) e são incentivadas a serem praticadas sob orientação de profissionais capacitados pelo Ministério da Saúde.

Treinar em casa de uma maneira segura seria ter o mínimo de conhecimento sobre o mover que queremos e sobre nosso próprio corpo e isso, vamos conquistando dia após dia com a experiência nas aulas mesmo.

No meu estúdio, costumo trabalhar parte da aula com meus alunos no solo. Isso me garante aquecer o corpo, trabalhar todos os princípios da técnica e ainda traz autonomia para que eles possam praticar em casa um ou outro exercício ou até mesmo a série toda, a depender do quão familiarizados estão e quanto tempo de prática já possuem. Afinal, somente com nosso corpo, podemos treinar em qualquer lugar!

Preparamos um vídeo com alguns exercícios para praticar em casa e você pode experimentar! Mover todos os dias deixa as estruturas do corpo mais equilibradas, mais fortes e mais flexíveis, o que faz com que tenhamos aquela destreza que mencionei antes.

Agora lembra que estamos aqui para mediar esse processo de entender o corpo e treinar, embasados na ciência, na experiência e no amor que temos pelo transmitir do movimento como promoção da saúde, terapia, lazer e os mais diferentes objetivos que podemos ter quando optamos por praticar Pilates!

Vídeo: Studio Pilates Alongue-se Itu-SP
Profª Dodô, Profª Vanessa e Prfª Marcela Andrade
Música: Mauricio Alabama

, , , , , , , , , , , , ,
Post anterior
+Q Pilates…. Uma revolução histórica do movimento humano
Próximo post
Pilates para Grávidas – parte 2 com Marla Lopes

Mais Posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This