Pilates em grupo: conheça os benefícios desta modalidade!

Pilates em Grupo

Método que combina condicionamento físico e mental, o Pilates passou por algumas adaptações desde que foi concebido na década de 20 por Joseph Pilates, com a adição de novos acessórios e equipamentos para complementar as aulas e novas maneiras de trabalho baseadas em sua versão clássica.

Em um mercado tão competitivo como o atual, com uma crescente demanda de alunos e novos espaços sendo inaugurados, estar aberto a tais inovações em seu estúdio é fundamental para ficar sempre em evidência, fidelizando os clientes que já são de casa e atraindo novos.

Tendência mundial, o Pilates em grupo adapta os princípios do método para turmas pequenas, compostas, em média, de três a cinco pessoas, preferencialmente com níveis de desempenho próximos, para que a aula possa ocorrer de maneira uniforme.

Para isso, é preciso separar os alunos de acordo com a sua maturidade muscular, seu condicionamento físico e seu nível de consciência corporal, critérios essenciais para que o desenvolvimento do grupo possa fluir de modo homogêneo.

Crescimento coletivo, atenção individualizada

Para o profissional que oferece a aula em grupo, uma das vantagens é poder realizar treinos mais focados, já que não será preciso preparar diferentes sequências de atividades para cada participante.

Como os alunos realizam os mesmos padrões de movimento e a mesma quantidade de repetições, trabalhando grupos musculares idênticos, um único comando pode ser dado a todos, fazendo as correções necessárias em cada indivíduo, caso alguém não consiga acompanhar alguma atividade. Este detalhe ajuda a otimizar o tempo no planejamento e na execução dos treinos, o que impacta também em sua qualidade.

As aulas de Pilates em grupo podem ser feitas no Mat, no qual o praticante realiza todos os movimentos no chão, ou em Aparelhos. Para que os exercícios sejam padronizados, é preciso contar com mais equipamentos semelhantes em sua estrutura, para serem utilizados simultaneamente por todos.

Mais dinâmicas, a construção das aulas coletivas favorece sequências de atividades que trabalham de maneira mais eficiente o condicionamento cardiovascular, por contar com menos pausas do que sua versão particular.

Ainda que o foco principal seja a obtenção de resultados em grupo, é fundamental que o instrutor mantenha sua atenção nos movimentos de cada participante, respeitando suas individualidades e realizando correções, progressões ou regressões dos exercícios quando julgar necessário, minimizando erros e otimizando resultados.

Planejando a aula em grupo

Com clientes dos mais diversos perfis e objetivos diferentes, como satisfazer as necessidades de todos na hora de planejar a aula sem afetar a qualidade do seu atendimento?

O ponto de partida para a elaboração de um treino em grupo é estipular qual meta deseja atingir com ele. As atividades propostas visam corrigir a postura, evitar dores, fugir do sedentarismo, ganhar flexibilidade ou garantir a reabilitação de alguma lesão? Uma vez definido o objetivo, o foco será direcionado neste sentido.

A avaliação postural de cada aluno, etapa indispensável para todos que iniciam a prática, ajudará o instrutor a compreender as necessidades de cada um, podendo organizar grupos a partir de similaridades compartilhadas.

Mesmo em uma turma, a atenção individual é essencial, buscando entender os objetivos de cada praticante, fazendo pequenas adaptações pontuais em casos de adversidades – alguém que chegue para a aula mais cansado do que os demais ou apresente dores em determinado dia. Um bom instrutor deve saber elaborar um plano B levando em conta o que o aluno precisa neste momento.

Tendo os princípios básicos do método como norte, todos os praticantes devem ser capazes de realizar cada movimento com precisão, controle e fluidez em sua execução, evitando compensações durante o processo.

Embora o Pilates seja indicado para pessoas dos mais diferentes perfis, não é recomendável que sua versão em grupo seja praticada por pessoas com patologias ou situações que careçam de cuidados especiais, por necessitarem de maior atenção.

É possível, por outro lado, segmentar as aulas de acordo com grupos de indivíduos que compartilhem características similares e específicas, criando turmas para gestantes, crianças, idosos, pessoas com algum tipo de deficiência, entre outros critérios pré-estabelecidos.

Exercitando em conjunto

A prática de atividades físicas de forma coletiva vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo. Mais do que um conjunto de exercícios físicos, o Pilates em grupo é uma experiência que também promove ganhos na esfera da socialização, ajudando a estabelecer novas amizades e uma conexão harmônica com o próximo.

Este sentimento de pertencimento a um grupo que compartilha os mesmos objetivos e divide conquistas é um valoroso estímulo que deixa a prática ainda mais prazerosa e motivadora, facilitando o aprendizado e a progressão.

Se a pessoa ao lado for alguém já próximo e querido, então, vira uma dose extra de incentivo para continuar praticando o método, cuidando juntos do corpo e da mente.

 

Considerações finais.

Democrático, o Pilates possui grandes possibilidades de adaptação para o aprimoramento de todo tipo de pessoa. Com tamanha demanda de público, é indispensável para o sucesso de um estúdio que ele diversifique sua oferta de serviços, para que o cliente possa escolher aquele com o qual mais se identifica.

Destaque desta nossa publicação, o Pilates em grupo conta ainda com o benefício de ser financeiramente mais acessível do que sua versão individual, já que o atendimento oferecido será dividido com outras pessoas, o que faz com que muitos de seus praticantes aumentem sua frequência por semana em função do valor mais em conta.

Ganha o aluno, que passa a se exercitar por mais dias, e ganham também os instrutores e estúdios, que poderão aumentar sua renda com novas turmas.

Se o seu espaço ainda não oferece Pilates para grupos, converse com os seus atuais clientes para buscar um feedback a respeito, e considere integrar essa opção a sua grade de opções. Seu estúdio já conta com turmas com este perfil? Conte para a gente nos comentários como tem sido. Se você frequenta ou ministra aulas de Pilates em grupos, compartilhe conosco essa experiência!

, , , , ,
Post anterior
Fortalecendo as laterais do corpo
Próximo post
Tratando Escoliose com Gyrotonic

Mais Posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This