A modalidade de solo ou Mat Pilates é frequentemente utilizada nas pesquisas científicas possivelmente devido a algumas vantagens como o baixo custo para as instalações, materiais e até mesmo para a formação profissional, mas será q é indicada para melhora do desempenho físico-funcional dos idosos?

Foi exatamente esta questão que incentivou meus colegas e eu, mestrandos do Programa de Pós Graduação em Gerontologia da USP junto a minha orientadora, a realizarmos uma revisão sistemática sobre este assunto na literatura científica mundial.

Em resumo, foram selecionados 9 estudos clínicos que avaliaram conjuntamente 415 idosos saudáveis oriundos de países como Brasil, Israel, Turquia e África do Sul. 5 estudos foram classificados como de alta qualidade, enquanto 4 foram de baixa qualidade. Ao final, os resultados apontaram que um protocolo de mat pilates pode ser benéfico para a melhora da força muscular e flexibilidade de membros inferiores, equilíbrio dinâmico e resistência cardiorrespiratória.

Apesar dos resultados positivos, como apenas 1 estudo descreveu os movimentos utilizados, não foi possível concluir sobre quais são os movimentos, dentre os 34 clássicos propostos por Joseph Pilates em seu livro, são mais indicados aos idosos. Os artigos ressaltaram que a melhora da força de membros inferiores pode ter ocorrido devido a utilização de faixas elásticas e a flexibilidade possivelmente pela inclusão de alongamentos estáticos (que não fazem parte do repertório original). A melhora do equilíbrio dinâmico e da resistência cardiorrespiratória foi observada a partir da avaliação dos mesmos com testes funcionais nos quais, a força dos membros inferiores e a estabilidade do tronco podem ser fundamentais para a melhora da performance.

Além disso, outras limitações precisam ser ressaltadas:

1. Falta de estudos de alta qualidade;

2. Apenas 1 artigo descreveu o protocolo utilizado, desta forma, não sabemos se os estudos utilizaram os 34 movimentos clássicos do método ou não;

3. Os estudos variaram muito quanto a duração das sessões o que impossibilitou que conseguíssemos propor alguma prescrição de números de sessões que precisam ser realizadas para alcançar os objetivos;

4. O protocolo original de Mat Pilates é composto por movimentos realizados no solo e, usualmente, em superfícies estáveis, desta forma, não podem ser classificados como boas práticas para a melhora do equilíbrio e prevenção de quedas que pressupõe a necessidades de exercícios realizados na posição em pé, realizados em um pé só, com alternância da base de suporte ou realizado em bases instáveis.

5. Importante lembrarmos que o protocolo original de Mat Pilates possui aproximadamente 60% de movimentos que exigem a flexão do tronco e podem ser contraindicados caso o idoso possua osteoporose!

Assim, há evidência na literatura que o Mat Pilates parece ser benéfico para melhorar a força muscular de membros inferiores além de influenciar positivamente a flexibilidade de quadril e coluna lombar, equilíbrio dinâmico e capacidade cardiorrespiratória, porém são necessários mais estudos de alta qualidade e que descrevam detalhadamente os protocolos utilizados para que possamos esclarecer melhor seus efeitos em idosos.

, , , , , , , ,
Post anterior
Dicas para Molas Physio Pilates/Balanced Body
Próximo post
Você já conhece o Konnector?

Mais Posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu

Pin It on Pinterest

Share This