Blog Physio Pilates

Muita gente procura atividade física com o objetivo de perder peso. Isso acontece com qualquer modalidade, mas alguns instrutores do Método ficam em dúvida. Como responder qual alguém questiona se Pilates emagrece? 

Mesmo anos de prática treinando e ensinando a modalidade podem não ser o suficiente para trazer a resposta mais adequada. Por isso, preparamos esse artigo para responder suas principais dúvidas, incluindo: 

  • Pilates emagrece mesmo?
  • Posso trabalhar Pilates para obesos?
  • Como direcionar uma aula de Pilates para emagrecimento?

Será que Pilates emagrece?

Precisamos aceitar um fato: o Pilates não é uma modalidade com foco na perda de peso. Mas isso não é algo negativo. Na realidade, o Pilates é uma modalidade que tenta melhorar o corpo de maneira global. Assim, uma aula de qualidade não consegue focar somente em um objetivo. Além de gastar calorias o aluno precisa melhorar sua mobilidade, força, flexibilidade, entre outras características do corpo. 

Apesar de não ser voltado ao emagrecimento, quem pratica Pilates rotineiramente consegue acelerar o metabolismo e aumentar a massa muscular. Com o metabolismo mais rápido a queima de gordura é maior, mesmo em repouso. 

No entanto, tome cuidado para não garantir aos seus alunos que eles perderão os 10kg dos sonhos. Pilates emagre sim, mas de forma lenta, gradual e moderada. A perda de peso é consequência dos inúmeros benefícios adicionais da modalidade. 

Quando alguém perguntar se “Pilates emagrece” recomendamos explicar todos os benefícios do Método. Para conseguir perder uns quilinhos a mais também é importante ter uma dieta balanceada, de preferência com acompanhamento de um nutricionista. 

Posso usar Pilates para obesos?

Se o foco do Pilates não é no emagrecimento, será que ele é indicado para obesos? Com certeza! Na realidade, o Método é uma das atividades físicas mais recomendadas para esse público. 

Apesar da atividade física ser uma das principais recomendações para indivíduos com obesidade, eles enfrentam diversos desafios nos esportes convencionais. Muitos deles causam sobrecarga nas articulações por causa do peso, lesões ou simplesmente não motivam. 

Como resultado, a pessoa sente dificuldades de aderir a um programa de treinamento rotineiro e perde em resultados. O Pilates é perfeitamente seguro e possui baixo impacto, portanto não causa dores ou lesões articulares. 

Além disso, a variedade de exercícios e o bem-estar em cada sessão aumentam a as chances de continuar a prática. O Pilates também ajuda a reduzir a porcentagem de gordura corporal nesses indivíduos. 

Como direcionar o Pilates para emagrecimento?

Mesmo conhecendo muito bem o Pilates você gostaria de voltar algumas de suas aulas para o emagrecimento? Fique à vontade, Pilates emagrece de forma moderada se for bem  aplicado. Se é esse o objetivo de seu aluno e como instrutor você gostaria de realizá-lo, então confira algumas dicas importantes. 

1. Alie uma dieta balanceada à prática

Algumas pessoas reclamam que não perdem peso de forma alguma, mas ainda não tentaram modificar sua dieta. O ideal é sempre combinar a atividade física com uma alimentação balanceada. 

No caso de alunos que querem especificamente praticar atividades físicas para emagrecimento, devemos recomendar que busquem um nutricionista. Dietas “de internet” ou recomendadas por amigos podem prejudicar muito seu corpo. 

2. Recomende a frequência correta

De nada adianta querer perder peso e praticar somente uma vez na semana. Como acontece com qualquer área da vida, só a prática rotineira consegue auxiliar na perda de peso. 

Os exercícios de Pilates voltados ao emagrecimento devem ser realizados pelo menos três vezes na semana. Depois dos primeiros 20 a 30 minutos de prática o corpo começa a queimar gordura, podendo chegar à queima de 420kcal em uma sessão. 

Com a prática constante a massa muscular do aluno aumenta. Como músculos consomem mais energia que massa gorda também sobe o gasto calórico do indivíduo. Outro grande benefício de praticar Pilates com a frequência certa é a diminuição da gordura abdominal. 

Isso acontece porque o Método trabalha os músculos profundos do abdômen, também chamados de Power House. Com o tempo, o Pilates emagrece e ainda ajuda a diminuir a circunferência da cintura, riscos de doenças cardiovasculares relacionadas à gordura abdominal e até queda de peso. 

Agora quando seu aluno quiser saber se o Pilates emagrece você já sabe a resposta. Quem trabalha com outras modalidades em conjunto com o Pilates, como funcional, também pode combiná-las para alcançar maior gasto calórico. 

De qualquer forma, você conseguirá mostrar ao seu aluno os benefícios da prática do Pilates. Ele é muito mais que uma atividade “só” para emagrecer, mas também um exercício completo, que equilibra corpo e mente e traz muito bem-estar. 

, , ,
Post anterior
Como conquistar mais alunos para o studio de Pilates?
Próximo post
Qual escolher: Pilates ou musculação?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu