Marketing Pessoal e Studio de Pilates

Marketing Pessoal e Studio de Pilates: como eles se relacionam?

Você já deve ter visto aqui no Blog diversos artigos que podem ajudar o seu Studio de Pilates a ter sucesso. Seja sobre o WhatsApp Business, ou dicas de como atender melhor os seus clientes e até como impulsionar o seu Studio de Pilates no Instagram. Já publicamos também diversos ebooks gratuitos direcionados para donos de studios e instrutores de Pilates, que fazem sucesso entre o nosso público. Hoje vamos trazer uma nova abordagem para quem quer alavancar o sucesso do seu studio, utilizando-se de uma área que tem se tornado cada vez mais conhecida: o marketing pessoal. Muito se fala atualmente sobre marketing digital, que envolve redes sociais, campanhas mobile, otimização de sites, anúncios pagos, dentre tantas outras possibilidades desta área. Contudo, este artigo focará em outras estratégias e ações que não dependem exclusivamente da internet, e que te ajudarão a promover o seu studio com baixos custos.

Estabeleça uma rede de contatos!

Esta estratégia pode parecer antiga, mas ao mesmo tempo é extremamente eficiente. Quando se está à procura de um novo trabalho, pensamos logo na nossa rede de contatos e se há alguém nela que pode nos indicar para uma vaga de emprego. Mas também, para a maioria dos negócios, ter uma rede de contatos bem estruturada pode significar além de divulgação da sua empresa, estabelecimento de parcerias mutuamente benéficas.

Imagine que vai a uma feira relacionada à área do bem estar e conhece o dono de uma nova empresa de frutas e snacks saudáveis. Inicialmente você pode pensar o óbvio: se eu precisar comprar frutas ou lanches rápidos, posso contatá-lo e até pedir um preço especial. Mas esta é uma forma um tanto limitada de enxergar novos contatos.

Para se ter uma rede realmente valiosa de contatos, vale a pena se perguntar: de que forma eu posso ajudar esta pessoa que acabei de conhecer? E de que forma posso também me beneficiar desta parceria? A relação e os benefícios devem ser mútuos para que a relação se fortaleça e futuramente possam até se tornar parceiros.

Agora imagine que você quer fazer uma ação especial no Pilates Day. Seu objetivo é estimular a prática de Pilates na sua cidade e, claro, promover o seu studio. Algumas parcerias para viabilizar este evento seriam muito úteis, certo? A pergunta a seguir é: quem é o público do meu evento? E que tipo de negócio se interessaria, não só em se associar a um studio de Pilates, mas a realizar uma ação de marketing para este público? É aí que nos lembramos daquele contato da feira – da empresa que vende frutas e outros lanches – e que pode ter grande interesse em um público que se preocupa com a sua saúde, que tem hábitos saudáveis e que está numa das suas regiões de atuação.

É aqui que o relacionamento estabelecido com aquele contato faz toda a diferença. Conhecer os seus potenciais parceiros, o perfil de atuação das empresas em que trabalham e identificar oportunidades de ações em conjunto podem fazer toda a diferença na hora de apresentar a sua proposta. Mas não só isso! É preciso desenvolver uma relação (pessoal ou profissional) para que a pessoa saiba que vale a pena desenvolver uma parceria com você ou com seu studio.

Mas e se o meu studio não tiver interesse em realizar eventos? Ainda vale a pena o Marketing Pessoal?

Os apoios e patrocínios em eventos não são a única forma de se tirar proveito de uma boa rede de contatos. Através da sua rede, você pode atrair bons profissionais para o seu studio, pedir indicações quando tiver vagas em aberto ou mesmo ajudar um ex-funcionário a se recolocar no mercado de trabalho.

O potencial da sua rede de contatos dependerá muito da qualidade desta rede (interesses em comum, quantidade de profissionais na sua área de atuação, localização dos profissionais, dentre outros aspectos), mas principalmente do nível de interação entre você e seus contatos. Eles precisam saber com o que você trabalha, qual o perfil do seu negócio, onde o seu studio está localizado e quais os seus diferenciais no mercado.

Imaginemos agora uma situação diferente: há um gestor de marketing na sua rede, que quer fazer uma ação para o Dia Mundial da Saúde que acontece todo 07 de abril. Esta pessoa procura um potencial parceiro para fazer uma atividade com os seus colaboradores e o Pilates é uma possibilidade de tema para este dia. Se você tiver feito o seu marketing pessoal corretamente, este gestor deverá lembrar-se de você quando pensar em Pilates na sua cidade e poderá contatá-lo para que dê uma aula de Pilates Mat naquela empresa. Ou poderá te pedir indicação de onde comprar acessórios de Pilates para distribuir aos seus colaboradores.

E você pode ajudá-lo a lembrar de você nestas ocasiões: partilhe com o seu contato artigos que leu e achou interessante, comente sobre um evento que vai acontecer na região ou envie-lhe uma mensagem quando ouvir uma notícia sobre a empresa onde aquela pessoa trabalha. A melhor estratégia é: comunique-se!

E como posso ampliar a minha rede?

As possibilidades de resposta a esta pergunta são muitas. É possível angariar novos contatos participando em eventos, como feiras e simpósios, indo a um happy hour com amigos, realizando um curso na sua área ou ainda pesquisando por profissionais em redes sociais como o Linkedin, que foca em contatos profissionais. Outra forma interessante é estar disponível para dar palestras sobre um tema em que esteja confortável, como o Pilates, seja em conferências ou em eventos privados, o que permitirá divulgar mais o seu nome e o seu Studio, e te ajudará a tornar-se referência neste setor.

A participação em workshops ou outros tipos de formação profissional também tem um grande potencial em estabelecer novas conexões. Durante horas ou dias você poderá interagir com profissionais da mesma área sua, que possuem interesses em comum, e a conversa pode fluir mais facilmente quando falarem sobre os desafios de se trabalhar com Pilates ou os benefícios que oferecem aos seus alunos. É muito comum pensar que ali estariam muitos dos seus concorrentes e que por isso não vale a pena aproximar-se deles e partilhar informações sobre o seu negócio. Contudo é possível sim ter concorrentes como parceiros. Vocês podem ajudar uns aos outros a crescerem, juntos, de forma sustentável e ética. Com a troca de experiências, ideias inovadoras podem surgir, bem como oportunidades de ajuda mútua.

O fato é que o seu studio poderá se beneficiar direta ou indiretamente da sua rede de contatos, mas enquanto o seu nome for lembrado como referência na sua área, as possibilidades são infinitas. Por isso, nunca subestime o potencial de um novo contato. Dedique tempo a conhecer as pessoas que cruzam o seu caminho, que possuem interesses em comum, ou simplesmente aquelas com a qual tivemos afinidade instantânea. Nunca sabemos quando e onde podemos precisar de um parceiro de negócios ou de uma ajuda profissional.

E se este texto fez você lembrar-se de algum profissional da sua rede de contatos, então partilhe com ele(a) este texto e, quem sabe, desta conversa podem surgir novas possibilidades de cooperação?
, ,
Post anterior
Como se tornar um excelente instrutor de Pilates

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu