Como uma formação pode alavancar o seu studio de Pilates

Se você já possui ou pretende abrir um studio e surgiu a dúvida quanto à formação em Pilates que deve optar, essa matéria é para você!

Pode não parecer, mas as duas coisas são essenciais para o sucesso do seu Studio e estão mais ligadas do que você imagina.

Atualmente no Brasil temos cerca de 45 mil Studios de Pilates. Número muito alto, não é?

A realidade é que após a chegada do método no país, na década de 90 por Alice Becker, o Pilates sofreu um “boom” e conseguiu alcançar grande parte da população: de crianças a idosos, pacientes em reabilitação ou apenas pessoas buscando uma melhor qualidade de vida.

Infelizmente, o “boom” não acompanhou a qualidade que o método exige. Essa é uma realidade que muitos profissionais do método vêm debatendo.

Qualidade

Hoje não existe um órgão – como a OAB para os advogados ou o CREFITO para os fisioterapeutas – que fiscalize e legalize os studios/instrutores de Pilates. O mais perto que chegamos foi uma nova iniciativa conhecida como CNPP (conheça).

A única forma de observar a relevância do studio é observando a qualidade dos equipamentos e a qualidade do instrutor. Sim, sei que essas características para um “leigo” só são percebidas após uma aula. Mas, quem voltaria? Ou melhor, quem indicaria?

A propaganda boca a boca continua sendo uma das melhores e o efeito negativo desta seria espantoso.

O instrutor

Alguns adeptos do movimento já chegaram a se afastar do Pilates pela primeira experiência. Diversos fatores podem ter sido essenciais para esta decisão. Mas, iremos priorizar apenas um: a técnica do instrutor.

Hoje é fácil encontrar uma “Formação em Pilates”. Vemos cursos presenciais e online que variam de R$ 1.900,00 a R$ 12.000,00 (valor de uma formação completa). Que diferença, não é? Por que será?

Provavelmente você já teve na vida dois tipos de professores… Aquele professor que te fez “amar” a matéria, e aquele outro que te fez odiar. Acontece da mesma forma com o Pilates! A pessoa que te conduz te apresenta um universo. Ele pode ser ótimo ou ruim.

A forma como o instrutor conduz o aluno/paciente, o ganha ou perde.

O investimento para um Studio é alto! São equipamentos de qualidade, aluguel ou compra de espaço, divulgação… Por que não investir na qualificação do profissional? Esse é um dos motivos cruciais que fazem um studio dar certo ou errado.

Pense bem

Se você tem um Studio…
Já chegou a imaginar que a falta de clientes não se deve apenas a crise econômica? Caso contrário, não teríamos 45 mil studios resistindo no país.

Se você ainda não tem um…
Analise as opções e escolha com cuidado a sua formação e dos seus profissionais. A concorrência é forte e como todo negócio, aquele velho ditado impera “que vença o melhor”.

Escolhendo a Formação

O objetivo de uma formação completa é fazer com que você saia preparado para instruir pessoas da forma correta. Essa preparação não é rápida ou fácil!

Desconfie de formações com duração de um fim de semana, com apenas etapas online ou com valor abaixo do mercado. Pesquise, compare e estude as possibilidades.

Lembre-se sempre, uma boa formação irá te preparar para ser um ótimo instrutor, consequentemente, você terá vários alunos e logo, terá um studio cheio.

No Pilates, assim como em toda área, você precisa investir para ter retorno. É totalmente proporcional: quanto maior o investimento, maior o retorno. Pense nisso! Não se limite em relação à qualidade, nunca é demais!

Sem receitas prontas

Não há receitas prontas para que um studio de Pilates dê certo.

Mas, sem dúvidas, como qualquer serviço prestado, um profissional qualificado faz toda a diferença. Atrai, vende, encanta e sai ganhando.

Aposte numa formação de verdade!

Pense sempre no futuro e pense grande. Pense que você poderá abrir filiais em outros estados e até fora do país (para isso sua formação precisará ser internacional).

Analise que algumas formações fazem a sua hora/aula valer mais! Isso corresponde à maior lucro e a comprovação de que o tempo no seu studio valerá a pena.

Conquiste boas associações para fortalecer a marca do seu studio. Busque parcerias com empresas já consolidadas.

Tenho certeza que até aqui nós já te ajudamos a tomar a melhor decisão!

Boa sorte!

Clique aqui e conheça a formação Physio Pilates/Polestar.

Post anterior
Junho Vermelho: o mês de conscientização para doação de sangue
Próximo post
Pilates, um aliado no tratamento da dor lombar

Posts Relacionados

No results found

3 Comentários. Deixe novo

ADRIANA Fonseca
11/07/2018 10:00 pm

Boa noite!
Sou estudante de fisioterapia e estou concluindo o quarto semestre, gostaria muito de obter informações sobre o curso de Pilates, pois o meu objetivo é abrir um Studio de Pilates. Tenho que me formar primeiro para fazer o curso? Sem mais, obrigada!

Responder
    Raira Cazumba
    16/07/2018 8:59 am

    Oi Adriana, tudo bem? Não necessariamente. O recomendável é que você comece a fazer o curso de Pilates Mat (o curso base) a partir do 4/5º semestre da faculdade. Para fazer a formação avançada você já deve ter uma base, então o recomendável é que você esteja prestes a se formar ou já formada. Posso encaminhar o seu e-mail para nossa consultora de cursos? Ela poderá te dar mais detalhes sobre a formação e suas especificidades.
    Obrigada por participar do blog conosco! Um abraço.

    Responder
Alice Becker
06/08/2018 9:06 pm

Oi Adriana: nossa especialidade é formar professores com qualidade, há 30 anos!! Somos os pioneiros em Pilates no Brasil. Somos também licenciados da Polestar Pilates, há 20 anos, a pioneira em Pilates para reabilitação no mundo, através de seu presidente, o Brent Anderson, fisioterapeuta, osteopata e doutor em movimento. Entra no site da Physio Pilates ou entre em contato com nossa central de cursos pelo [email protected] ou o WhatsApp: 71 997223452 e fale com Joseane. Bem vinda!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu