Escolhendo o estúdio para fazer aulas de Pilates

Você já conhece o método Pilates? Decidiu fazer aulas mas não sabe por onde começar? Está escolhendo o estúdio para fazer aulas de Pilates? Iremos te ajudar! Nesta matéria vamos propor dicas para te ajudar nesta escolha e melhorar  sua qualidade de vida. Vem com a gente!

Chamado inicialmente de Contrologia, o método foi criado durante a Segunda Guerra Mundial e reabilitou diversos soldados. Logo após, se popularizou com bailarinos que disseminaram o método pelo mundo a fora e não foi diferente no Brasil. Provavelmente o seu criador, Joseph H. Pilates, não imaginava o quanto o seu método iria difundir-se. Mas esse dia chegou e a qualidade pensada e implementada por Joseph nas aulas e durante muitos anos, não acompanha, muitas vezes, sua disseminação.

Pensando nisso, preparamos tópicos importantes a serem analisados para ajudar na sua escolha do estúdio ao decidir fazer aulas de Pilates. Afinal, você estará indo lá cuidar da sua saúde, não é mesmo? Então, atente-se a alguns importantes “detalhes”:

Observe os equipamentos do estúdio

Já reparou que a maioria dos esportes precisa de um “auxiliar”? Vamos lá… No futebol, você precisa da bola; já na corrida você precisa de um tênis; no ballet, de uma sapatilha… Mas, já imaginou se esses auxiliares fossem de má qualidade? Consequentemente iriam machucar, ferir e prejudicar sua execução em cada exercício de determinado esporte. Assim é com o Pilates!

Pode parecer de pouco importância, mas não é. Cada parte do equipamento é importante para te ajudar a executar corretamente o exercício, a soma deste com um instrutor qualificado é que definem sua experiência com o método.

Fique atento a conservação, a qualidade, ao desconforto no equipamento “x”. Procure sempre estúdios que tenham as melhores condições para atendê-los e se você já possui um estúdio, busque uma marca que dê total confiança ao seu aluno.

Saiba a formação do seu instrutor de Pilates

Você conhece a qualidade da formação de Pilates do seu instrutor ou mais, se você quer ser um instrutor de Pilates, já pensou direitinho em qual formação escolher? Hoje o mercado de Pilates está em ascensão, vemos diversas escolas/grupos formando profissionais de Pilates, mas será que todos eles têm qualidade adequada? Conversamos mais detalhes sobre isso no texto “Como uma formação pode alavancar seu studio de Pilates”.

Devemos ficar sempre atentos nas escolhas que fazemos para cuidar de nosso corpo. Ao escolher o Pilates, você escolhe cuidar da saúde… Já imaginou se esse cuidado estiver nas mãos de um profissional pouco preparado? Ou se você escolher uma escola que não te prepara o suficiente?  Busque referências, converse com seu instrutor, busque informações com pessoas mais experientes do mesmo nicho e tenha certeza da escolha certa que está fazendo.

Faça uma aula experimental e observe o estúdio

Você já parou para pensar que o estúdio tem uma grande influência no seu desenvolvimento? Algumas pessoas se queixam de terem tido uma experiência ruim com o método Pilates. A própria Alice Becker, pioneira de Pilates no Brasil, não teve uma primeira experiência agradável com o método. Isso depende de muitas variáveis, então caso já tenha acontecido contigo dê uma segunda oportunidade, com a Alice deu muito certo.

Procure saber sobre o studio antes de se matricular nas aulas, veja a quantidade de alunos nas turmas, faça uma aula experimental. Analise o clima, analise o professor, pergunte. São detalhes que, com certeza, podem mudar uma experiência.

Escolhendo o estúdio certo para fazer Pilates

Não escolha apenas por preço. Vivencie a experiência de movimento no próprio studio. Lembre-se você estará cuidando da sua saúde e ela merece prioridade.

Esperamos que faça boas escolhas e tenha uma vivência incrível com o método Pilates.

Encontre studios com profissionais e infraestrutura de qualidade com nossos parceiros aqui!

 

, , ,
Post anterior
Pilates “Contemporâneo” ou “Clássico”
Próximo post
Quem pode praticar o CoreAlign?

Posts Relacionados

Pilates e danca no Brasil

O Pilates e a Dança no Brasil

Muitos conhecem a história de Joseph Pilates, criador do Método Pilates, e de como o seu trabalho de Contrologia começou quando foi exilado no período da I Guerra e trabalhou num hospital com outros exilados e mutilados. Foi neste momento em que o famoso Joseph Pilates iniciou o uso de molas no tratamento médico, o que seria a base para mais tarde o ajudar no desenvolvimento de um sistema de exercícios e equipamentos.

Ler Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu